Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Soja Brasil » Veja o que o mercado da soja espera do relatório do USDA desta quinta

ÀS 13H

Veja o que o mercado da soja espera do relatório do USDA desta quinta

Se as análises de mercado estiverem corretas sobre os dados da entidade norte-americana, os preços praticados na Bolsa de Chicago podem subir

12 de setembro de 2019 às 09h40
Por Daniel Popov, de São Paulo
mercado da soja mundo

Foto: Pixabay/Montagem: Canal Rural

Analistas de mercado internacionais já fizeram suas apostas para o novo relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) para a soja, que será divulgado as 13h. Dependendo dos dados a serem divulgados os preços da soja podem subir na Bolsa, apostam os analistas.

Em relação a produção americana para a safra 2019/2020 a perspectiva de setembro é de uma leve redução, atingindo 97,7 milhões de toneladas, contra as 100,1 milhões de toneladas indicados em agosto e 123,6 milhões do ano anterior.

Em relação aos estoques de passagem, o USDA deverá reduzir a sua estimativa para 2018/2019 de 1,07 bilhão para 1,04 bilhão de bushels. Para a temporada 2019/2020, o carryover deve cair de 755 milhões para 661 milhões de bushels.

Os estoques globais da oleaginosa deverão ser cortados de 114,5 milhões de toneladas para 114,1 milhões de toneladas em 2018/2019. Para a próxima temporada, a expectativa é de estoques de 101,6 milhões, contra 101,7 milhões projetados em agosto.

“Com essas possíveis reduções do USDA, os preços pode ganhar um reforço para subir nos contratos futuros, mas ainda limitados pela guerra comercial. O clima é outro fator e deve melhorar nos Estados Unidos até o fim da temporada. Há chance também de dólar e prêmios caindo no Brasil”, diz o analista de mercado Carlos Cogo.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Soja Brasil » Veja o que o mercado da soja espera do relatório do USDA desta quinta

ÀS 13H

Veja o que o mercado da soja espera do relatório do USDA desta quinta

Se as análises de mercado estiverem corretas sobre os dados da entidade norte-americana, os preços praticados na Bolsa de Chicago podem subir

12 de setembro de 2019 às 09h40
Por Daniel Popov, de São Paulo
mercado da soja mundo

Foto: Pixabay/Montagem: Canal Rural

Analistas de mercado internacionais já fizeram suas apostas para o novo relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) para a soja, que será divulgado as 13h. Dependendo dos dados a serem divulgados os preços da soja podem subir na Bolsa, apostam os analistas.

Em relação a produção americana para a safra 2019/2020 a perspectiva de setembro é de uma leve redução, atingindo 97,7 milhões de toneladas, contra as 100,1 milhões de toneladas indicados em agosto e 123,6 milhões do ano anterior.

Em relação aos estoques de passagem, o USDA deverá reduzir a sua estimativa para 2018/2019 de 1,07 bilhão para 1,04 bilhão de bushels. Para a temporada 2019/2020, o carryover deve cair de 755 milhões para 661 milhões de bushels.

Os estoques globais da oleaginosa deverão ser cortados de 114,5 milhões de toneladas para 114,1 milhões de toneladas em 2018/2019. Para a próxima temporada, a expectativa é de estoques de 101,6 milhões, contra 101,7 milhões projetados em agosto.

“Com essas possíveis reduções do USDA, os preços pode ganhar um reforço para subir nos contratos futuros, mas ainda limitados pela guerra comercial. O clima é outro fator e deve melhorar nos Estados Unidos até o fim da temporada. Há chance também de dólar e prêmios caindo no Brasil”, diz o analista de mercado Carlos Cogo.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Mais Notícias