banner-3

MERCADO

Soja e milho: veja o que o mercado espera do relatório do USDA desta quinta

Dependendo da diferença entre o número divulgado pela entidade norte-americana e a perspectiva do mercado, os preços da soja e do milho podem mudar

11 de julho de 2019 às 09h05
Por Daniel Popov, com informações da Agência Safras
plantio de soja

Foto: Soja Brasil/reprodução

Soja

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgará nesta quinta-feira, dia 11, às 13hrs o seu relatório de intenção de plantio de soja em julho. O mercado já antecipou suas perspectivas em relação aos indicativos e os operadores da Bolsa de Chicago buscam se posicionar frente a divulgação. Portanto é importante saber a expectativa do mercado, pois dependendo da diferença entre os números os preços podem cair ou subir.

Segundo informações da Agência Safras, analistas consultados pelas agências internacionais apostam que o USDA indicará uma produção de soja nos Estados Unidos em 2019/2020 de:

Julho: 3,85 bilhões de bushels (104,7 milhões de toneladas)
Junho: 4,150 bilhões de bushels (112,9 milhões de toneladas)
2018: 4,544 bilhões de bushels (123,6 milhões de toneladas)

Em relação aos estoques de passagem, o USDA deverá reduzir a sua estimativa para 2018/2019:

Julho: 1,03 bilhão de bushels (28,2 milhões de toneladas)
Junho: 1,07 bilhão de bushels (29,1 milhões de toneladas)

Para a temporada 2019/2020, a expectativa é:

Julho: 812 milhões de bushels (22,1 milhões de toneladas)
Junho: 1,045 bilhão de bushels (28,3 milhões de toneladas)

Mundo

Os estoques globais da oleaginosa em 2018/2019 deverão ser reduzidos de:

Junho: 112,8 milhões de toneladas
Julho: 112,6 milhões de toneladas

Para a próxima temporada, 2019/2020 a expectativa é de estoques de:

Julho: 112,7 milhões de toneladas
Junho: 110,7 milhões de toneladas

O mercado também deverá prestar atenção aos dados de produção na América do Sul em 2018/2019. A safra brasileira deverá ficar praticamente inalterada, na casa de 117 milhões de toneladas. O USDA, no entanto, poderá elevar sua previsão para a Argentina, passando de 56 milhões para 56,1 milhões de toneladas.

Milho

milho, safra, lavoura, EUA, Estados Unidos, plantio

Foto: Tarso Veloso/ Arquivo pessoal

A previsão de analistas e traders consultados por agências internacionais é de que a safra dos Estados Unidos em 2019/2020 seja indicada em:

Julho: 13,511 bilhões de bushels (343,1 milhões de toneladas)
Junho: 13,68 bilhões de bushels (347,4 milhões de toneladas)

Os estoques de passagem da safra 2019/2020 dos Estados Unidos devem ser indicados em:

Julho: 1,642 bilhão de bushels (41,7 milhões de toneladas)
Junho: 1,675 bilhão de bushels (42,5 milhões de toneladas)

Para a safra 2018/2019 do país os estoques finais de passagem norte-americanos devem ser de:

Julho: 2,179 bilhões de bushels (55,3 milhões de toneladas)
Junho: 2,195 bilhões de bushels (55,7 milhões de toneladas)

Mundo

A previsão é de que os estoques finais de passagem da safra mundial 2019/2020 sejam apontados em:

Julho: 290,2 milhões de toneladas
Junho: 290,5 milhões de toneladas

A expectativa é de que os estoques globais 2018/2019 sejam indicados em:

Julho: 325 milhões de toneladas
Junho: 325,4 milhões de toneladas

O USDA deverá indicar a previsão de safra do Brasil para 2018/2019 em 100,9 milhões de toneladas, abaixo das 101 milhões de toneladas indicadas no mês passado.

A safra Argentina 2018/2019 deve ser indicada em 49,2 milhões de toneladas, acima das 49 milhões de toneladas registradas em junho.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





banner-3

MERCADO

Soja e milho: veja o que o mercado espera do relatório do USDA desta quinta

Dependendo da diferença entre o número divulgado pela entidade norte-americana e a perspectiva do mercado, os preços da soja e do milho podem mudar

11 de julho de 2019 às 09h05
Por Daniel Popov, com informações da Agência Safras
plantio de soja

Foto: Soja Brasil/reprodução

Soja

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgará nesta quinta-feira, dia 11, às 13hrs o seu relatório de intenção de plantio de soja em julho. O mercado já antecipou suas perspectivas em relação aos indicativos e os operadores da Bolsa de Chicago buscam se posicionar frente a divulgação. Portanto é importante saber a expectativa do mercado, pois dependendo da diferença entre os números os preços podem cair ou subir.

Segundo informações da Agência Safras, analistas consultados pelas agências internacionais apostam que o USDA indicará uma produção de soja nos Estados Unidos em 2019/2020 de:

Julho: 3,85 bilhões de bushels (104,7 milhões de toneladas)
Junho: 4,150 bilhões de bushels (112,9 milhões de toneladas)
2018: 4,544 bilhões de bushels (123,6 milhões de toneladas)

Em relação aos estoques de passagem, o USDA deverá reduzir a sua estimativa para 2018/2019:

Julho: 1,03 bilhão de bushels (28,2 milhões de toneladas)
Junho: 1,07 bilhão de bushels (29,1 milhões de toneladas)

Para a temporada 2019/2020, a expectativa é:

Julho: 812 milhões de bushels (22,1 milhões de toneladas)
Junho: 1,045 bilhão de bushels (28,3 milhões de toneladas)

Mundo

Os estoques globais da oleaginosa em 2018/2019 deverão ser reduzidos de:

Junho: 112,8 milhões de toneladas
Julho: 112,6 milhões de toneladas

Para a próxima temporada, 2019/2020 a expectativa é de estoques de:

Julho: 112,7 milhões de toneladas
Junho: 110,7 milhões de toneladas

O mercado também deverá prestar atenção aos dados de produção na América do Sul em 2018/2019. A safra brasileira deverá ficar praticamente inalterada, na casa de 117 milhões de toneladas. O USDA, no entanto, poderá elevar sua previsão para a Argentina, passando de 56 milhões para 56,1 milhões de toneladas.

Milho

milho, safra, lavoura, EUA, Estados Unidos, plantio

Foto: Tarso Veloso/ Arquivo pessoal

A previsão de analistas e traders consultados por agências internacionais é de que a safra dos Estados Unidos em 2019/2020 seja indicada em:

Julho: 13,511 bilhões de bushels (343,1 milhões de toneladas)
Junho: 13,68 bilhões de bushels (347,4 milhões de toneladas)

Os estoques de passagem da safra 2019/2020 dos Estados Unidos devem ser indicados em:

Julho: 1,642 bilhão de bushels (41,7 milhões de toneladas)
Junho: 1,675 bilhão de bushels (42,5 milhões de toneladas)

Para a safra 2018/2019 do país os estoques finais de passagem norte-americanos devem ser de:

Julho: 2,179 bilhões de bushels (55,3 milhões de toneladas)
Junho: 2,195 bilhões de bushels (55,7 milhões de toneladas)

Mundo

A previsão é de que os estoques finais de passagem da safra mundial 2019/2020 sejam apontados em:

Julho: 290,2 milhões de toneladas
Junho: 290,5 milhões de toneladas

A expectativa é de que os estoques globais 2018/2019 sejam indicados em:

Julho: 325 milhões de toneladas
Junho: 325,4 milhões de toneladas

O USDA deverá indicar a previsão de safra do Brasil para 2018/2019 em 100,9 milhões de toneladas, abaixo das 101 milhões de toneladas indicadas no mês passado.

A safra Argentina 2018/2019 deve ser indicada em 49,2 milhões de toneladas, acima das 49 milhões de toneladas registradas em junho.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário