Home » Sites e Especiais » Soja Brasil » Soja cai pela terceira sessão seguida em Chicago

FECHAMENTO DO MERCADO

Soja cai pela terceira sessão seguida em Chicago

A melhora nas lavouras norte-americanas contribuíram para mas um dia de baixa

17 de julho de 2019 às 17h39
Por Agência Safras
soja, grão, lavoura

Foto: Cepea/ Divulgação

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a quarta-feira com preços mais baixos. Em dia volátil, o mercado não sustentou o movimento inicial de recuperação e cedeu, caindo pela terceira vez consecutiva. A melhora nas condições das lavouras americanas, confirmada pelo relatório de segunda do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), segue sendo um dos principais fatores de pressão.  

O clima nos Estados Unidos também segue no foco. Apesar do calor dessa semana, a tendência é de temperaturas amenas na próxima, favorecendo a planta. Fatores técnicos e a ausência de acordo comercial entre Estados Unidos e China completam o quadro negativo.  

Os contratos da soja em grão com entrega em agosto fecharam com baixa de 5,25 centavos de dólar por libra-peso ou 0,59%, a US$ 8,82 1/2 por bushel. A posição novembro teve cotação de US$ 9,00 1/2 por bushel, com perda de 5,50 centavos de dólar por libra-peso ou 0,6%. 

Nos subprodutos, a posição agosto do farelo fechou com baixa de US$ 0,90 ou 0,29% a US$ 307,50 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em agosto fecharam a 27,68 centavos de dólar, baixa de 0,31 centavo, ou 1,1% em relação ao fechamento anterior. 

Deixe um Comentário





Caminhão, estrada, logística, transporte, caminhoneiro, frete, tabela

PARA COBRIR CUSTOS DE MANUTENÇÃO

Crédito: BNDES aumenta limite de financiamento para caminhoneiros

17/08/2019 às 14h02

RECESSÃO DA ECONOMIA

Bolsonaro diz que Brasil vai vencer a crise econômica mundial

17/08/2019 às 13h01
Home » Sites e Especiais » Soja Brasil » Soja cai pela terceira sessão seguida em Chicago

FECHAMENTO DO MERCADO

Soja cai pela terceira sessão seguida em Chicago

A melhora nas lavouras norte-americanas contribuíram para mas um dia de baixa

17 de julho de 2019 às 17h39
Por Agência Safras
soja, grão, lavoura

Foto: Cepea/ Divulgação

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a quarta-feira com preços mais baixos. Em dia volátil, o mercado não sustentou o movimento inicial de recuperação e cedeu, caindo pela terceira vez consecutiva. A melhora nas condições das lavouras americanas, confirmada pelo relatório de segunda do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), segue sendo um dos principais fatores de pressão.  

O clima nos Estados Unidos também segue no foco. Apesar do calor dessa semana, a tendência é de temperaturas amenas na próxima, favorecendo a planta. Fatores técnicos e a ausência de acordo comercial entre Estados Unidos e China completam o quadro negativo.  

Os contratos da soja em grão com entrega em agosto fecharam com baixa de 5,25 centavos de dólar por libra-peso ou 0,59%, a US$ 8,82 1/2 por bushel. A posição novembro teve cotação de US$ 9,00 1/2 por bushel, com perda de 5,50 centavos de dólar por libra-peso ou 0,6%. 

Nos subprodutos, a posição agosto do farelo fechou com baixa de US$ 0,90 ou 0,29% a US$ 307,50 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em agosto fecharam a 27,68 centavos de dólar, baixa de 0,31 centavo, ou 1,1% em relação ao fechamento anterior. 

Deixe um Comentário





Mais Notícias