Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Soja Brasil » Soja Brasil: Sul terá breve janela de tempo seco na quarta-feira

CLIMA

Soja Brasil: Sul terá breve janela de tempo seco na quarta-feira

Depois disso as precipitações retornam para a região, aliadas a uma forte queda de temperatura. Veja as regiões que serão afetadas pelo frio

30 de julho de 2019 às 07h51
Por Daniel Popov, de São Paulo

Foto: Pixabay

Chove em praticamente toda a região Sul nesta terça-feira, enquanto Sudeste, centro-Oeste e Nordeste seguem com tempo firme. Já na quarta o tempo deve ficar firme para todo o país. Na quinta as instabilidades retornam para o Rio Grande do Sul e trazem consigo uma onda de frio. Confira abaixo a previsão do tempo por região!

SUL

O Rio Grande do Sul deve registrar chuvas quase que generalizadas nesta terça-feira. NO entanto os acumulados não devem ultrapassar a casa dos 12 mm. Alguns municípios do Paraná, como Guarapuava, também terão tempo instável com no máximo 10 mm. O mesmo acontece com Santa Catarina, só que com volumes ainda menores, próximos a 7 mm.

Na quarta-feira, dia 31, todo o Sul do país deve ter uma breve trégua sem precipitações e uma leve elevação nas temperaturas mínimas.

Já na quinta, as chuvas voltam para o Rio Grande do Sul e parte de Santa Catarina, enquanto o Paraná ainda terá tempo seco. As temperaturas começam a cair de maneira generalizada em toda a região.

SUDESTE

As áreas agrícolas do Sudeste ainda devem ter tempo seco nos próximos dias. Somente algumas regiões de São Paulo, próximo a Itapeva, pode ter algumas precipitações na sexta-feira. Nada volumoso, com no máximo 5 mm. É neste dia também que os termômetros começam a cair, mais bruscamente em São Paulo e mais lentamente em Minas Gerais.

CENTRO-OESTE

O Centro-Oeste é outra região que só verá chuvas na sexta-feira e, ela se restringe a apenas a Mato Grosso do Sul. Os volumes, no entanto, não devem ser muito grandes, como no máximo 6 mm. A exemplo de outras regiões, as temperaturas também irão cair no Centro-Oeste a partir de quinta-feira. Mato Grosso do Sul verá quedas maiores e mais bruscas, Mato Grosso menos e Goiás menos ainda.

NORDESTE

Não há previsão de chuvas para as áreas agrícolas da Bahia, Maranhão e Piauí. A região também não será influenciada pela nova onda de frio que afetará o país a partir de quinta-feira.

NORTE

Nesta terça-feira, a chuva persiste somente na metade norte da Região, ainda com volumes mais expressivos em Roraima. Nas demais áreas, sol entre poucas nuvens por causa da presença de uma massa de ar mais seco que inibe a formação de nuvens carregadas.

O último dia do mês de julho será marcado por chuva significativa entre o norte do Amazonas e Roraima, com acumulados que passam dos 30 mm em 24 horas. Mas em contrapartida, o mês terminará com tempo seco e calor intenso no restante da Região, apenas com variação da quantidade de nuvens.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Soja Brasil » Soja Brasil: Sul terá breve janela de tempo seco na quarta-feira

CLIMA

Soja Brasil: Sul terá breve janela de tempo seco na quarta-feira

Depois disso as precipitações retornam para a região, aliadas a uma forte queda de temperatura. Veja as regiões que serão afetadas pelo frio

30 de julho de 2019 às 07h51
Por Daniel Popov, de São Paulo

Foto: Pixabay

Chove em praticamente toda a região Sul nesta terça-feira, enquanto Sudeste, centro-Oeste e Nordeste seguem com tempo firme. Já na quarta o tempo deve ficar firme para todo o país. Na quinta as instabilidades retornam para o Rio Grande do Sul e trazem consigo uma onda de frio. Confira abaixo a previsão do tempo por região!

SUL

O Rio Grande do Sul deve registrar chuvas quase que generalizadas nesta terça-feira. NO entanto os acumulados não devem ultrapassar a casa dos 12 mm. Alguns municípios do Paraná, como Guarapuava, também terão tempo instável com no máximo 10 mm. O mesmo acontece com Santa Catarina, só que com volumes ainda menores, próximos a 7 mm.

Na quarta-feira, dia 31, todo o Sul do país deve ter uma breve trégua sem precipitações e uma leve elevação nas temperaturas mínimas.

Já na quinta, as chuvas voltam para o Rio Grande do Sul e parte de Santa Catarina, enquanto o Paraná ainda terá tempo seco. As temperaturas começam a cair de maneira generalizada em toda a região.

SUDESTE

As áreas agrícolas do Sudeste ainda devem ter tempo seco nos próximos dias. Somente algumas regiões de São Paulo, próximo a Itapeva, pode ter algumas precipitações na sexta-feira. Nada volumoso, com no máximo 5 mm. É neste dia também que os termômetros começam a cair, mais bruscamente em São Paulo e mais lentamente em Minas Gerais.

CENTRO-OESTE

O Centro-Oeste é outra região que só verá chuvas na sexta-feira e, ela se restringe a apenas a Mato Grosso do Sul. Os volumes, no entanto, não devem ser muito grandes, como no máximo 6 mm. A exemplo de outras regiões, as temperaturas também irão cair no Centro-Oeste a partir de quinta-feira. Mato Grosso do Sul verá quedas maiores e mais bruscas, Mato Grosso menos e Goiás menos ainda.

NORDESTE

Não há previsão de chuvas para as áreas agrícolas da Bahia, Maranhão e Piauí. A região também não será influenciada pela nova onda de frio que afetará o país a partir de quinta-feira.

NORTE

Nesta terça-feira, a chuva persiste somente na metade norte da Região, ainda com volumes mais expressivos em Roraima. Nas demais áreas, sol entre poucas nuvens por causa da presença de uma massa de ar mais seco que inibe a formação de nuvens carregadas.

O último dia do mês de julho será marcado por chuva significativa entre o norte do Amazonas e Roraima, com acumulados que passam dos 30 mm em 24 horas. Mas em contrapartida, o mês terminará com tempo seco e calor intenso no restante da Região, apenas com variação da quantidade de nuvens.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Mais Notícias