Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Soja Brasil » Soja Brasil: frio e chuvas devem marcar os próximos dias

CLIMA

Soja Brasil: frio e chuvas devem marcar os próximos dias

Agricultores do Sul, Sudeste e parte do Centro-Oeste terão dias difíceis pela frente. Tem cidade que verá o termómetro despencar 10ºC

31 de julho de 2019 às 08h21
Por Daniel Popov, de São Paulo
frio clima

Foto: Pixabay

O último dia de julho será seco para praticamente toda a região Sul, Sudeste, Centro-Oeste e áreas agrícolas do Nordeste. Já para o início de agosto, a onda de frio deve chegar na quinta-feira no Sul e Mato Grosso do Sul e na sexta para o Sudeste.

SUL

O tempo firme deve predominar durante toda esta quarta-feira, 31, na região. A perspectiva é que temperaturas ainda serão amenas. Já o primeiro dia de agosto chega com chuvas e frio para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina e tempo firme no Paraná. As temperaturas mínimas começam a cair bruscamente, tanto que em Passo Fundo os termômetros caírão de 14ºC (na quinta-feira), para 3ºC na sexta. No município, as máximas do dia 2 de agosto, serão iguais as mínimas do dia anterior, ou seja, de 14ºC.

SUDESTE

Tanto esta quarta-feira, 31, quanto o primeiro dia de agosto serão de tempo firme na região Sudeste. Chuvas mesmo só serão vistas na sexta-feira, 2, em parte de São Paulo, acompanhadas de uma queda nas temperaturas. A tendência é que os termômetros caiam gradativamente até domingo, quando será bastante frio. Em Ourinhos (SP), por exemplo, os 16ºC de sexta-feira, se transformarão em 6ºC de domingo.

Em Minas Gerais o tempo seco será a tônica para toda a semana. Chuvas mesmo só no domingo, com volumes de no máximo 3 mm. Os termômetros devem cair também, mas a intensidade será menor. Em Uberaba, por exemplo, as temperaturas minas cairão de 14ºC na sexta-feira, para 10ºC no domingo.

CENTRO-OESTE

Em boa parte do Centro-Oeste, exceto Mato Grosso do Sul, o tempo firme irá predominar até a semana acabar. Nestes estado o frio deve ter um pequeno impacto apenas, com queda de temperaturas entre sábado e domingo, nada alarmante.

Já em Mato Grosso do Sul tanto esta quarta, quanto a quinta-feira serão de tempo seco. Chuvas mesmo somente na sexta-feira e no sábado, acompanhadas da onda de frio. Em Dourados, por exemplo, os termômetros podem registrar mínimas de 18°C na quinta, e 3ºC no domingo.

NORDESTE

No Nordeste, diferente das outras regiões, não há previsão de chuvas e nem queda nas temperaturas nos próximos dias.

NORTE

O último dia do mês de julho será marcado por chuva significativa entre o norte do Amazonas e Roraima, com acumulados que passam dos 30 mm em 24 horas. Mas em contrapartida, o mês terminará com tempo seco e calor intenso no restante da região, apenas com variação da quantidade de nuvens.

Agosto inicia com tendência de tempo seco em grande parte da Região Norte do Brasil. As instabilidades tropicais devem manter a chuva somente nas áreas mais ao norte do Amazonas, Roraima, Pará e Amapá. Ao longo da sexta-feira, a chuva ficará concentrada na faixa norte da região, com condição para vir acompanhada por descargas elétricas e rajadas de vento.

Ao longo do fim de semana, a chuva persistirá na faixa norte da Região Norte do Brasil.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Soja Brasil » Soja Brasil: frio e chuvas devem marcar os próximos dias

CLIMA

Soja Brasil: frio e chuvas devem marcar os próximos dias

Agricultores do Sul, Sudeste e parte do Centro-Oeste terão dias difíceis pela frente. Tem cidade que verá o termómetro despencar 10ºC

31 de julho de 2019 às 08h21
Por Daniel Popov, de São Paulo
frio clima

Foto: Pixabay

O último dia de julho será seco para praticamente toda a região Sul, Sudeste, Centro-Oeste e áreas agrícolas do Nordeste. Já para o início de agosto, a onda de frio deve chegar na quinta-feira no Sul e Mato Grosso do Sul e na sexta para o Sudeste.

SUL

O tempo firme deve predominar durante toda esta quarta-feira, 31, na região. A perspectiva é que temperaturas ainda serão amenas. Já o primeiro dia de agosto chega com chuvas e frio para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina e tempo firme no Paraná. As temperaturas mínimas começam a cair bruscamente, tanto que em Passo Fundo os termômetros caírão de 14ºC (na quinta-feira), para 3ºC na sexta. No município, as máximas do dia 2 de agosto, serão iguais as mínimas do dia anterior, ou seja, de 14ºC.

SUDESTE

Tanto esta quarta-feira, 31, quanto o primeiro dia de agosto serão de tempo firme na região Sudeste. Chuvas mesmo só serão vistas na sexta-feira, 2, em parte de São Paulo, acompanhadas de uma queda nas temperaturas. A tendência é que os termômetros caiam gradativamente até domingo, quando será bastante frio. Em Ourinhos (SP), por exemplo, os 16ºC de sexta-feira, se transformarão em 6ºC de domingo.

Em Minas Gerais o tempo seco será a tônica para toda a semana. Chuvas mesmo só no domingo, com volumes de no máximo 3 mm. Os termômetros devem cair também, mas a intensidade será menor. Em Uberaba, por exemplo, as temperaturas minas cairão de 14ºC na sexta-feira, para 10ºC no domingo.

CENTRO-OESTE

Em boa parte do Centro-Oeste, exceto Mato Grosso do Sul, o tempo firme irá predominar até a semana acabar. Nestes estado o frio deve ter um pequeno impacto apenas, com queda de temperaturas entre sábado e domingo, nada alarmante.

Já em Mato Grosso do Sul tanto esta quarta, quanto a quinta-feira serão de tempo seco. Chuvas mesmo somente na sexta-feira e no sábado, acompanhadas da onda de frio. Em Dourados, por exemplo, os termômetros podem registrar mínimas de 18°C na quinta, e 3ºC no domingo.

NORDESTE

No Nordeste, diferente das outras regiões, não há previsão de chuvas e nem queda nas temperaturas nos próximos dias.

NORTE

O último dia do mês de julho será marcado por chuva significativa entre o norte do Amazonas e Roraima, com acumulados que passam dos 30 mm em 24 horas. Mas em contrapartida, o mês terminará com tempo seco e calor intenso no restante da região, apenas com variação da quantidade de nuvens.

Agosto inicia com tendência de tempo seco em grande parte da Região Norte do Brasil. As instabilidades tropicais devem manter a chuva somente nas áreas mais ao norte do Amazonas, Roraima, Pará e Amapá. Ao longo da sexta-feira, a chuva ficará concentrada na faixa norte da região, com condição para vir acompanhada por descargas elétricas e rajadas de vento.

Ao longo do fim de semana, a chuva persistirá na faixa norte da Região Norte do Brasil.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Mais Notícias