Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Soja Brasil » Soja Brasil: chove até em Mato Grosso, Minas Gerais e Goiás nesta terça

CLIMA

Soja Brasil: chove até em Mato Grosso, Minas Gerais e Goiás nesta terça

Somente as áreas agrícolas do Nordeste brasileiro não devem registrar precipitações. Confira a previsão do tempo para todas as regiões

15 de agosto de 2019 às 08h05
Por Daniel Popov, de São Paulo
chuva dito

previsão de tempo: chuvas

Depois de um longo tempo sem instabilidade, finalmente volta a chover em Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais. Entretanto os acumulados não são grandes e não passam desta terça-feira. No Sul, chove no Paraná e em Santa Catarina. Não há previsão de chuvas para o Nordeste.

SUL

As chuvas se afastaram momentaneamente do Rio Grande do Sul nesta terça-feira. Isso porque na quinta são esperados baixos volumes de precipitações em alguns municípios, como Três Passos. Em Passo Fundo não há mais previsão de chuvas nesta semana.

Em Santa Catarina a situação é parecida, não deve chover nestes próximos dois dias, mas na quinta as instabilidades podem ser volumosas com até 16 mm em Chapecó.

No Paraná a terça-feira será chuvosa para parte dos municípios, como Guarapuava, mas depois disso o tempo ficará firme.

SUDESTE

O dia ainda será marcado por chuvas mais volumosas nas áreas agrícolas de São Paulo. Em Assis, por exemplo, os acumulados podem chegar a 10 mm. Já em Ituverava apenas 2 mm são esperados.

Finalmente alguns municípios de Minas Gerais receberão chuvas. Os volumes, no entanto não serão grandes, de no máximo 2 mm ali no triângulo mineiro.

CENTRO-OESTE

Deve chover pelo menos 1 mm na região sudeste de Mato Grosso nesta terça-feira. A quantidade não é suficiente para suprir a falta de água que a região enfrenta. A mesma chuva também atinge parte de Goiás, ali próximo a Mineiros, com outros 1 mm. Nestes dois estados as chuvas foram pontuais e depois disso não há previsão de novas instabilidades.

Parte de Mato Grosso do Sul também deve registrar chuvas. Em Dourados não deve chover nesta semana, enquanto em Campo Grande são esperadas 2 mm.

Nos demais municípios dos três estados nada muda, o tempo seco prevalece, a temperatura continua elevada e o risco de queimadas é bastante grande.

NORDESTE

Não há previsão de chuvas para as áreas agrícolas da Bahia, Maranhão e Piauí. O tempo seco e firme predomina no interior e mantém a condição de baixa umidade relativa do ar.

NORTE

Na terça-feira o tempo seco ainda predomina na metade sul do Pará e em Tocantins. Segue com pancadas fortes de chuva na faixa norte da amazônia, nas demais áreas e estados há previsão de pancadas de chuva leve e isolada.

Na quarta-feira o tempo segue firme no Tocantins, na metade sul de Rondônia e no sul do Pará. Nas outras áreas da região, o calor e a umidade predominam e garantem pancadas de chuva isoladas a qualquer hora do dia. Os maiores volumes devem ser registrados em Roraima e no norte do Amazonas, porém, sem risco para transtornos. A tendência é que o tempo continue firme na maior parte do Norte.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Soja Brasil » Soja Brasil: chove até em Mato Grosso, Minas Gerais e Goiás nesta terça

CLIMA

Soja Brasil: chove até em Mato Grosso, Minas Gerais e Goiás nesta terça

Somente as áreas agrícolas do Nordeste brasileiro não devem registrar precipitações. Confira a previsão do tempo para todas as regiões

15 de agosto de 2019 às 08h05
Por Daniel Popov, de São Paulo
chuva dito

previsão de tempo: chuvas

Depois de um longo tempo sem instabilidade, finalmente volta a chover em Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais. Entretanto os acumulados não são grandes e não passam desta terça-feira. No Sul, chove no Paraná e em Santa Catarina. Não há previsão de chuvas para o Nordeste.

SUL

As chuvas se afastaram momentaneamente do Rio Grande do Sul nesta terça-feira. Isso porque na quinta são esperados baixos volumes de precipitações em alguns municípios, como Três Passos. Em Passo Fundo não há mais previsão de chuvas nesta semana.

Em Santa Catarina a situação é parecida, não deve chover nestes próximos dois dias, mas na quinta as instabilidades podem ser volumosas com até 16 mm em Chapecó.

No Paraná a terça-feira será chuvosa para parte dos municípios, como Guarapuava, mas depois disso o tempo ficará firme.

SUDESTE

O dia ainda será marcado por chuvas mais volumosas nas áreas agrícolas de São Paulo. Em Assis, por exemplo, os acumulados podem chegar a 10 mm. Já em Ituverava apenas 2 mm são esperados.

Finalmente alguns municípios de Minas Gerais receberão chuvas. Os volumes, no entanto não serão grandes, de no máximo 2 mm ali no triângulo mineiro.

CENTRO-OESTE

Deve chover pelo menos 1 mm na região sudeste de Mato Grosso nesta terça-feira. A quantidade não é suficiente para suprir a falta de água que a região enfrenta. A mesma chuva também atinge parte de Goiás, ali próximo a Mineiros, com outros 1 mm. Nestes dois estados as chuvas foram pontuais e depois disso não há previsão de novas instabilidades.

Parte de Mato Grosso do Sul também deve registrar chuvas. Em Dourados não deve chover nesta semana, enquanto em Campo Grande são esperadas 2 mm.

Nos demais municípios dos três estados nada muda, o tempo seco prevalece, a temperatura continua elevada e o risco de queimadas é bastante grande.

NORDESTE

Não há previsão de chuvas para as áreas agrícolas da Bahia, Maranhão e Piauí. O tempo seco e firme predomina no interior e mantém a condição de baixa umidade relativa do ar.

NORTE

Na terça-feira o tempo seco ainda predomina na metade sul do Pará e em Tocantins. Segue com pancadas fortes de chuva na faixa norte da amazônia, nas demais áreas e estados há previsão de pancadas de chuva leve e isolada.

Na quarta-feira o tempo segue firme no Tocantins, na metade sul de Rondônia e no sul do Pará. Nas outras áreas da região, o calor e a umidade predominam e garantem pancadas de chuva isoladas a qualquer hora do dia. Os maiores volumes devem ser registrados em Roraima e no norte do Amazonas, porém, sem risco para transtornos. A tendência é que o tempo continue firme na maior parte do Norte.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Mais Notícias