Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Soja Brasil » Preço da soja sobe até R$ 2 na semana, mas poucos negócios acontecem

DE OLHO

Preço da soja sobe até R$ 2 na semana, mas poucos negócios acontecem

Segundo a consultoria Safras & Mercado, no momento, os produtores voltam suas atenções para o clima e para o plantio da oleaginosa

20 de setembro de 2019 às 12h26
Por Agência Safras

O mercado brasileiro de soja teve uma semana de poucos negócios e de preços mistos. Apenas na quinta houve uma melhor movimentação, com os produtores aproveitando a firmeza de Chicago e do dólar para negociar. As atenções voltam para o preparo do solo e o início do plantio da nova safra.

Em Passo Fundo (RS) a saca de 60 quilos subiu de R$ 81 na última sexta-feira, 13, para R$ 82 nesta semana. Em Cascavel (PR), o preço passou de R$ 79,50 para R$ 81,50. No Porto de Paranaguá, a cotação avançou de R$ 85 para R$ 87.

Em Rondonópolis (MT), a saca recuou de R$ 78 para R$ 77,50. Em Dourados (MS), o preço aumentou de R$ 77,50 para R$ 78. Em Goiás, na região de Rio Verde, a cotação estabilizou na casa de R$ 78.

Depois da forte valorização da semana anterior, os contratos futuros recuaram na Bolsa de Chicago (CBOT), com os negociadores realizando lucros e pela previsão de clima favorável para o desenvolvimento das lavouras americanas. A posição novembro teve alta de 0,64%, fechando a quinta a US$ 8,93 por bushel.

O dólar comercial subiu 1,86%, atingindo a marca de R$ 4,164 na quinta. O mercado teve uma semana tensa no exterior, com a definição das taxas de juros básicas nos Estados Unidos. A negociação comercial entre China e Estados Unidos também mereceu atenção especial.

O terceiro ponto para a formação dos preços, os prêmios de exportação, recuaram. Para fevereiro, a referência é de 35 pontos a 45 pontos acima de Chicago. Sinais de que China e Estados estão avançando nas conversas pesaram. Na semana que passou, a China comprou 720 mil toneladas no mercado americano.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Soja Brasil » Preço da soja sobe até R$ 2 na semana, mas poucos negócios acontecem

DE OLHO

Preço da soja sobe até R$ 2 na semana, mas poucos negócios acontecem

Segundo a consultoria Safras & Mercado, no momento, os produtores voltam suas atenções para o clima e para o plantio da oleaginosa

20 de setembro de 2019 às 12h26
Por Agência Safras

O mercado brasileiro de soja teve uma semana de poucos negócios e de preços mistos. Apenas na quinta houve uma melhor movimentação, com os produtores aproveitando a firmeza de Chicago e do dólar para negociar. As atenções voltam para o preparo do solo e o início do plantio da nova safra.

Em Passo Fundo (RS) a saca de 60 quilos subiu de R$ 81 na última sexta-feira, 13, para R$ 82 nesta semana. Em Cascavel (PR), o preço passou de R$ 79,50 para R$ 81,50. No Porto de Paranaguá, a cotação avançou de R$ 85 para R$ 87.

Em Rondonópolis (MT), a saca recuou de R$ 78 para R$ 77,50. Em Dourados (MS), o preço aumentou de R$ 77,50 para R$ 78. Em Goiás, na região de Rio Verde, a cotação estabilizou na casa de R$ 78.

Depois da forte valorização da semana anterior, os contratos futuros recuaram na Bolsa de Chicago (CBOT), com os negociadores realizando lucros e pela previsão de clima favorável para o desenvolvimento das lavouras americanas. A posição novembro teve alta de 0,64%, fechando a quinta a US$ 8,93 por bushel.

O dólar comercial subiu 1,86%, atingindo a marca de R$ 4,164 na quinta. O mercado teve uma semana tensa no exterior, com a definição das taxas de juros básicas nos Estados Unidos. A negociação comercial entre China e Estados Unidos também mereceu atenção especial.

O terceiro ponto para a formação dos preços, os prêmios de exportação, recuaram. Para fevereiro, a referência é de 35 pontos a 45 pontos acima de Chicago. Sinais de que China e Estados estão avançando nas conversas pesaram. Na semana que passou, a China comprou 720 mil toneladas no mercado americano.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Mais Notícias