REDUÇÂO

Soja atinge o menor preço em Chicago desde setembro de 2018

Nem mesmo as elevações no câmbio tem sido suficientes para segurar as cotações estáveis no país. Confira como está a cotação nesta sexta!

semana soja mercado
Cotação da soja pode fechar semana em queda

O mercado brasileiro de soja teve uma quinta-feira (dia 25) de preços pouco alterados. Apesar da queda no dólar, os valores no país se mantiveram estáveis com a alta na Bolsa de Chicago. Nesta sexta-feira, dia 26, o câmbio abriu em leve alta, enquanto as cotações internacionais voltaram a operar em queda, devendo fechar a semana com acumulado de 1% de queda.

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos seguiu em R$ 73,50. Na região das Missões, a cotação se manteve em R$ 72 a saca. No porto de Rio Grande, preço permaneceu em R$ 76.

Em Cascavel, no Paraná, o preço recuou de R$ 71 para R$ 70,50. No porto de Paranaguá (PR), a saca passou de R$ 76 para R$ 75,50.

Em Rondonópolis (MT), a saca baixou de R$ 68 para R$ 67. Em Dourados (MS), a cotação baixou de R$ 70 para R$ 69,50. Em Rio Verde (GO), a saca passou de R$ 67,50 para R$ 67.

Chicago e câmbio na quinta

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa fecharam a quinta com preços mais altos. Após três sessões de perdas, o mercado se recuperou tecnicamente. Segundo a consultoria Safras & Mercado, em termos gerais, o cenário segue negativo, justamente por conta de a demanda chinesa seguir enfraquecida.

Os contratos da soja em grão com entrega em maio fecharam com alta de 4,00 centavos de dólar por libra-peso ou 0,46%, a US$ 8,59 por bushel. A posição julho teve cotação de US$ 8,72 3/4 por bushel, com ganho de 4,00 centavos de dólar por libra-peso ou 0,46%.

Nos subprodutos, a posição maio do farelo fechou com alta de US$ 5,60 ou 1,86%, sendo negociada a US$ 306,00 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em maio fecharam a 27,64 centavos de dólar, com perda de 0,28 centavo ou 1%.

O dólar comercial encerrou a sessão em baixa de 0,77%, negociado a R$ 3,9540 para a compra e a R$ 3,9560 para a venda. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a máxima de R$ 4,0070 e a mínima de R$ 3,9500.

Chicago e câmbio nesta sexta

Os contratos da soja em grão registram preços mais baixos nas negociações da sessão eletrônica na Bolsa de Chicago. O mercado vai enfileirando a terceira semana seguida de perdas, em meio aos amplos estoques globais da oleaginosa. Na semana, a retração gira em torno de 1%, afirma a consultoria safras.

Os contratos com vencimento em maio de 2019 operam cotados a US$ 8,56 por bushel, retração de 3,00 centavos de dólar por bushel ou 0,34%.

O dólar comercial abriu a sessão em alta de 0,20%, negociado a R$ 3,9670 para a compra e a R$ 3,9640 para a venda.A moeda norte-americana oscila entre a máxima de R$ 3,9770 e a mínima de R$ 3,9560.

Valor da Soja na Bolsa de Chicago
Valor da Soja na Bolsa de Chicago

Veja mais notícias sobre soja

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


css.php
Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil