Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Soja Brasil » Plantio de soja no Paraná: confira a previsão do tempo para os próximos 15 dias

ESPECIAL

Plantio de soja no Paraná: confira a previsão do tempo para os próximos 15 dias

Tem município que já terá chuvas suficientes para a plantar a soja no fim desta semana, mas outros só terão condições a partir de outubro. Veja a meteorologia para 10 cidades!

11 de setembro de 2019 às 10h35
Por Daniel Popov, de São Paulo
MF 7200 Plantio Direto

Foto: Massey Ferguson/divulgação

Para ajudar os produtores do Paraná, que já estão aptos a plantar soja o Projeto Soja Brasil destaca a previsão do tempo para 10 municípios do estado para os próximos 15 dias. Além da previsão de temperaturas, para que o agricultor saiba se o tempo além de seco será quente demais.

Ponta Grossa

Localizado mais a leste do estado, Ponta Grossa terá três dias com chuvas nesta semana, mas as precipitações mais constantes acontecem a partir da quinta-feira da próxima semana. A boa notícia é que as temperaturas irão cair na região, diminuindo um pouco a evaporação da umidade do solo.

Pato Branco

Mais ao sul do estado, os produtores de soja do município terão que esperar um pouco para iniciar o plantio, já que não há previsão de chuvas até a sexta-feira da próxima semana, 20. Só ali as precipitações serão mais constantes. As temperaturas também irão cair um pouco por lá.

Foz do Iguaçu

O município, localizado na divisa com o Paraguai, deve registrar uma chuva isolada nesta quinta-feira. Depois disso só deve chover mesmo na sexta-feira da próxima semana, 20. Ou seja é melhor esperar um pouco para iniciar os trabalhos.

Toledo

Localizado no oeste do estado, os produtores da região terão que esperar um pouco para começar a plantar. A meteorologia prevê chuvas só para o sábado da semana que vem, 21. As temperaturas devem ficar um pouco mais amenas, mas ainda acima dos 30ºC.

Umuarama

Mais ao noroeste do estado, Umuarama terá que esperar para semear a soja. Isso porque a previsão inicial é de chuvas mais constantes apenas para o dia 23 de setembro. A diferença é que por lá as temperaturas seguem elevadas, com as máximas variando entre 34ºC e 38ºC.

Maringá

A situação de Maringá é um pouco mais preocupante que os municípios já citados. Por lá além de não haver previsão de chuvas até a próxima semana, quando chover será pouco para viabilizar a semeadura da soja, com no máximo 3 mm, divididos em três dias, a partir do dia 22 de setembro. Para piorar, as temperaturas máximas ficarão na casa dos 36ºC diários.

Londrina

Esse é outro município com poucas perspectivas de chuvas até o fim do mês. Segundo a meteorologia só deve chover de 22 a 24 de setembro, com 1 mm por dia. Pouco volume para viabilizar o plantio, ainda mais considerando que as temperaturas máximas médias ficarão na casa de 35ºC.

Arapoti

O município deve receber 10 mm de chuvas até o fim do mês. Vale ressaltar, no entanto, que as precipitações só começam a ocorrer a partir do dia 22 de setembro. Até lá, o tempo seco predomina com temperaturas máximas na casa dos 34ºC, na média.

Campo Mourão

Esse é outro município com poucas chuvas. Até o fim do mês estão previstos apenas 3 mm de chuvas, iniciando no dia 22 de setembro e se estendo até o dia 24. Até lá o tempo seco e quente predominam, inviabilizando o plantio.

Guarapuava

A previsão por lá é de receber até 32 milímetros acumulados até o fim do mês. Mas os produtores terão que esperar um pouco para plantar a soja. Isso porque, apesar de uma chuva de 5 mm que acontecerá nesta próxima sexta-feira, as precipitações mais contínuas só virão a partir do dia 20 de setembro.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Soja Brasil » Plantio de soja no Paraná: confira a previsão do tempo para os próximos 15 dias

ESPECIAL

Plantio de soja no Paraná: confira a previsão do tempo para os próximos 15 dias

Tem município que já terá chuvas suficientes para a plantar a soja no fim desta semana, mas outros só terão condições a partir de outubro. Veja a meteorologia para 10 cidades!

11 de setembro de 2019 às 10h35
Por Daniel Popov, de São Paulo
MF 7200 Plantio Direto

Foto: Massey Ferguson/divulgação

Para ajudar os produtores do Paraná, que já estão aptos a plantar soja o Projeto Soja Brasil destaca a previsão do tempo para 10 municípios do estado para os próximos 15 dias. Além da previsão de temperaturas, para que o agricultor saiba se o tempo além de seco será quente demais.

Ponta Grossa

Localizado mais a leste do estado, Ponta Grossa terá três dias com chuvas nesta semana, mas as precipitações mais constantes acontecem a partir da quinta-feira da próxima semana. A boa notícia é que as temperaturas irão cair na região, diminuindo um pouco a evaporação da umidade do solo.

Pato Branco

Mais ao sul do estado, os produtores de soja do município terão que esperar um pouco para iniciar o plantio, já que não há previsão de chuvas até a sexta-feira da próxima semana, 20. Só ali as precipitações serão mais constantes. As temperaturas também irão cair um pouco por lá.

Foz do Iguaçu

O município, localizado na divisa com o Paraguai, deve registrar uma chuva isolada nesta quinta-feira. Depois disso só deve chover mesmo na sexta-feira da próxima semana, 20. Ou seja é melhor esperar um pouco para iniciar os trabalhos.

Toledo

Localizado no oeste do estado, os produtores da região terão que esperar um pouco para começar a plantar. A meteorologia prevê chuvas só para o sábado da semana que vem, 21. As temperaturas devem ficar um pouco mais amenas, mas ainda acima dos 30ºC.

Umuarama

Mais ao noroeste do estado, Umuarama terá que esperar para semear a soja. Isso porque a previsão inicial é de chuvas mais constantes apenas para o dia 23 de setembro. A diferença é que por lá as temperaturas seguem elevadas, com as máximas variando entre 34ºC e 38ºC.

Maringá

A situação de Maringá é um pouco mais preocupante que os municípios já citados. Por lá além de não haver previsão de chuvas até a próxima semana, quando chover será pouco para viabilizar a semeadura da soja, com no máximo 3 mm, divididos em três dias, a partir do dia 22 de setembro. Para piorar, as temperaturas máximas ficarão na casa dos 36ºC diários.

Londrina

Esse é outro município com poucas perspectivas de chuvas até o fim do mês. Segundo a meteorologia só deve chover de 22 a 24 de setembro, com 1 mm por dia. Pouco volume para viabilizar o plantio, ainda mais considerando que as temperaturas máximas médias ficarão na casa de 35ºC.

Arapoti

O município deve receber 10 mm de chuvas até o fim do mês. Vale ressaltar, no entanto, que as precipitações só começam a ocorrer a partir do dia 22 de setembro. Até lá, o tempo seco predomina com temperaturas máximas na casa dos 34ºC, na média.

Campo Mourão

Esse é outro município com poucas chuvas. Até o fim do mês estão previstos apenas 3 mm de chuvas, iniciando no dia 22 de setembro e se estendo até o dia 24. Até lá o tempo seco e quente predominam, inviabilizando o plantio.

Guarapuava

A previsão por lá é de receber até 32 milímetros acumulados até o fim do mês. Mas os produtores terão que esperar um pouco para plantar a soja. Isso porque, apesar de uma chuva de 5 mm que acontecerá nesta próxima sexta-feira, as precipitações mais contínuas só virão a partir do dia 20 de setembro.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Mais Notícias