Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Soja Brasil » MT: produção de soja pode superar 33 milhões de toneladas

RECORDE

MT: produção de soja pode superar 33 milhões de toneladas

Já na comercialização, mesmo com uma leve piora nos preços do grão, o ritmo de vendas antecipada da nova safra também está mais rápida que no ano passado

08 de outubro de 2019 às 10h05
Por Daniel Popov, de São Paulo
Plantio soja

Foto: USDA

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgou sua segunda estimativa para a safra de soja 2019/2020. Agora a entidade prevê um aumento ainda maior na área semeada e, consequentemente, na produção.

Neste segundo levantamento a expectativa para a área semeada com a oleaginosa na safra 2019/2020 em Mato Grosso é de 9,78 milhões de hectares, aumento de 1,14%, o que equivalente a 110,02 mil hectares em comparação à safra anterior. No levantamento anterior a indicação era de 9,72 milhões de hectares.

Dentre as regiões que apresentam expectativa de incremento de área, destaca-se a região norte, com um aumento de 8,92%. As demais, regiões como noroeste (+1,76%) e nordeste (+1,54%) também apresentaram bons aumentos em relação à safra 2018/2019. “O indicativo de crescimento da área semeada é decorrente principalmente da conversão de áreas de pastagem em agricultura na porção norte do estado”, diz a entidade.

O levantamento não indicou uma variação significativa na produtividade em relação ao primeiro levantamento, visto que muitos fatores ainda podem afetar o desenvolvimento das lavouras. Desta forma a projeção dos rendimentos a campo não foi alterada, mantendo a média projetada de 56,28 sacas por hectare.

Instagram
Assim, com a manutenção da produtividade e o aumento na área cultivada, a produção para a próxima temporada está estimada em 33,01 milhões de toneladas, representando um incremento de 0,55% em relação ao primeiro levantamento da safra (32,83 milhões de toneladas) do instituto.

Vendas antecipadas

A comercialização antecipada da safra 2019/2020 está mais adiantada que as vendas no mesmo período do ano passado. Ao todo foram negociados 36% da safra estimada, ante as 33,8% da temporada anterior.

“O preço médio mensal ficou em R$ 74,06 por saca para a safra 2018/2019, enquanto que a nova safra, ficou em R$ 69,39 por saca. Neste momento, restando poucos volumes de soja disponível para serem comercializados, a atenção do mercado segue aumentando para a nova safra”, diz a entidade.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Soja Brasil » MT: produção de soja pode superar 33 milhões de toneladas

RECORDE

MT: produção de soja pode superar 33 milhões de toneladas

Já na comercialização, mesmo com uma leve piora nos preços do grão, o ritmo de vendas antecipada da nova safra também está mais rápida que no ano passado

08 de outubro de 2019 às 10h05
Por Daniel Popov, de São Paulo
Plantio soja

Foto: USDA

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgou sua segunda estimativa para a safra de soja 2019/2020. Agora a entidade prevê um aumento ainda maior na área semeada e, consequentemente, na produção.

Neste segundo levantamento a expectativa para a área semeada com a oleaginosa na safra 2019/2020 em Mato Grosso é de 9,78 milhões de hectares, aumento de 1,14%, o que equivalente a 110,02 mil hectares em comparação à safra anterior. No levantamento anterior a indicação era de 9,72 milhões de hectares.

Dentre as regiões que apresentam expectativa de incremento de área, destaca-se a região norte, com um aumento de 8,92%. As demais, regiões como noroeste (+1,76%) e nordeste (+1,54%) também apresentaram bons aumentos em relação à safra 2018/2019. “O indicativo de crescimento da área semeada é decorrente principalmente da conversão de áreas de pastagem em agricultura na porção norte do estado”, diz a entidade.

O levantamento não indicou uma variação significativa na produtividade em relação ao primeiro levantamento, visto que muitos fatores ainda podem afetar o desenvolvimento das lavouras. Desta forma a projeção dos rendimentos a campo não foi alterada, mantendo a média projetada de 56,28 sacas por hectare.

Instagram
Assim, com a manutenção da produtividade e o aumento na área cultivada, a produção para a próxima temporada está estimada em 33,01 milhões de toneladas, representando um incremento de 0,55% em relação ao primeiro levantamento da safra (32,83 milhões de toneladas) do instituto.

Vendas antecipadas

A comercialização antecipada da safra 2019/2020 está mais adiantada que as vendas no mesmo período do ano passado. Ao todo foram negociados 36% da safra estimada, ante as 33,8% da temporada anterior.

“O preço médio mensal ficou em R$ 74,06 por saca para a safra 2018/2019, enquanto que a nova safra, ficou em R$ 69,39 por saca. Neste momento, restando poucos volumes de soja disponível para serem comercializados, a atenção do mercado segue aumentando para a nova safra”, diz a entidade.

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Mais Notícias