Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Mais Milho » Aliança Internacional do Milho realiza primeira reunião do ano

NEGOCIAÇÃO

Aliança Internacional do Milho realiza primeira reunião do ano

Com resistência da União Europeia, grupo busca adoção de políticas governamentais na regulação de transgênicos

08 de abril de 2019 às 20h53
Por Canal Rural

A aliança Internacional do Milho, Maizall, realizou a primeira reunião do ano, em Brasília. O grupo é formado por Brasil, Estados Unidos e Argentina. Juntos, os países representam 50% da produção mundial de milho, mas sofrem resistência principalmente da União Europeia, contestadora dos produtos transgênicos. Para superar o problema, o grupo trabalha pela adoção de políticas governamentais equivalentes nas regulações de transgênicos entre os países produtores e consumidores.

Outra pauta é a diminuição da interferência dos governos no mercado. A ministra Tereza Cristina diz que as pautas do grupo estão alinhadas com o ministério da agricultura.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Mais Milho » Aliança Internacional do Milho realiza primeira reunião do ano

NEGOCIAÇÃO

Aliança Internacional do Milho realiza primeira reunião do ano

Com resistência da União Europeia, grupo busca adoção de políticas governamentais na regulação de transgênicos

08 de abril de 2019 às 20h53
Por Canal Rural

A aliança Internacional do Milho, Maizall, realizou a primeira reunião do ano, em Brasília. O grupo é formado por Brasil, Estados Unidos e Argentina. Juntos, os países representam 50% da produção mundial de milho, mas sofrem resistência principalmente da União Europeia, contestadora dos produtos transgênicos. Para superar o problema, o grupo trabalha pela adoção de políticas governamentais equivalentes nas regulações de transgênicos entre os países produtores e consumidores.

Outra pauta é a diminuição da interferência dos governos no mercado. A ministra Tereza Cristina diz que as pautas do grupo estão alinhadas com o ministério da agricultura.

Deixe um Comentário





Mais Notícias