Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Código Florestal » Analista aposta que prazo do CAR não deve ser prorrogado

Analista aposta que prazo do CAR não deve ser prorrogado

O diretor da Agroicone, Rodrigo Lima, acredita que o prazo para fazer o Cadastro Ambiental Rural (CAR), que encerra em 5 de maio, não deve ser adiado. Isso porque já faz dois anos que o processo está aberto e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) se comprometeu a cadastrar 55 milhões de hectares…

04 de março de 2016 às 14h10
Por

O diretor da Agroicone, Rodrigo Lima, acredita que o prazo para fazer o Cadastro Ambiental Rural (CAR), que encerra em 5 de maio, não deve ser adiado. Isso porque já faz dois anos que o processo está aberto e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) se comprometeu a cadastrar 55 milhões de hectares de assentamento, o que deve aumentar muito o número de adesões, como ocorreu no fim do primeiro ano. Além disso, segundo ele, há muitos produtores com o CAR pronto, mas que não registram por falta de clareza sobre as regras.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Sites e Especiais » Código Florestal » Analista aposta que prazo do CAR não deve ser prorrogado

Analista aposta que prazo do CAR não deve ser prorrogado

O diretor da Agroicone, Rodrigo Lima, acredita que o prazo para fazer o Cadastro Ambiental Rural (CAR), que encerra em 5 de maio, não deve ser adiado. Isso porque já faz dois anos que o processo está aberto e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) se comprometeu a cadastrar 55 milhões de hectares…

04 de março de 2016 às 14h10
Por

O diretor da Agroicone, Rodrigo Lima, acredita que o prazo para fazer o Cadastro Ambiental Rural (CAR), que encerra em 5 de maio, não deve ser adiado. Isso porque já faz dois anos que o processo está aberto e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) se comprometeu a cadastrar 55 milhões de hectares de assentamento, o que deve aumentar muito o número de adesões, como ocorreu no fim do primeiro ano. Além disso, segundo ele, há muitos produtores com o CAR pronto, mas que não registram por falta de clareza sobre as regras.

Deixe um Comentário





Mais Notícias