BOM PRA CACHORRO

Cão de pastoreio: saiba como é o treinamento de um border collie

Além de auxiliar no campo, os animais também podem ser utilizados em apresentações da raça

O treinamento de um border collie, assim como de cães de outras raças, vai depender da metodologia de cada treinador, porém, alguns comandos são básicos. Esta é a premissa de Ivan Brizola, treinador e dono da Dog School há 20 anos. Ele participou pela 19ª vez de apresentações da Expointer e trouxe sete animais para mostrar o desempenho da raça em apresentações de agilidade.

Todo cão deve passar um treinamento básico, que envolve o aprendizado de comandos de obediência, como andar, parar, subir, descer e pular. No caso de cães de pastoreio, eles precisam aprender comandos de direção, aprender a “ficar”, avançar e recuar. “A maioria das pessoas treinam o pastoreio direto no pastoreio. Ou seja, levam o cão a campo e começam a treinar lá. Depois, fica muito mais fácil para fazer esses específicos”, explica Brizola.

É no redondel que o animal vai aplicar os comandos aprendidos, guiando as ovelhas para a direção orientada pelo treinador.  Segundo Brizola,  a interação com o dono é essencial para que o animal siga os comandos.  

O tempo para um cão estar completamente treinado é de dois anos. Sendo que o treinamento começa já com 40 dias, oferecendo pequenos estímulos. “Antigamente, se começava com um ano, depois passou para seis meses e hoje pegamos já bebê. Mas precisa ser muito na indução, porque é um animal mais frágil”, afirma o treinador.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *