Radar

09 de outubro de 2019 às 19h34

Café mantém poucos negócios e preços estáveis em Nova York 

O mercado físico brasileiro de café teve uma quarta-feira de preços estáveis e de poucos negócios. A volatilidade na Bolsa de Nova York, com o fechamento em leve baixa, e a moderada alta do dólar, determinaram que o mercado tivesse estabilidade no dia. Não houve estímulo ao maior volume de negociações.

No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa permaneceu em R$ 410/415,00. No cerrado mineiro, o preço ficou inalterado em R$ 415/420,00. Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais, com 20% de catação, teve preço de R$ 310,00/315,00, estável.

O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, teve preço de R$ 278,00/283,00 a saca, inalterado.

16/10/2019 às 10h26

Soja: mesmo com preços firmes no Brasil, produtor segue cauteloso

O mercado brasileiro de soja deve seguir com preços firmes no Brasil nesta quarta, 16, mas com ritmo moderado nos negócios. Segundo a consultoria Safras -

Leia Mais
16/10/2019 às 10h21

Tomate: com menor disponibilidade, preço sobe 46% em uma semana

O tomate salada longa vida se valorizou pela segunda semana consecutiva entre os dias 7 e 11 de outubro. De acordo com o Centro de -

Leia Mais
16/10/2019 às 09h56

Previdência: há entendimento para votar 2º turno na terça-feira, diz Alcolumbre

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), assegurou a conclusão da reforma da Previdência para a terça-feira que vem, dia 22. A proposta ainda depende -

Leia Mais
16/10/2019 às 09h17

Governo fecha acordo para promover intercâmbio de cooperativas

O Ministério da Agricultura assinou um acordo de cooperação técnica com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) para promover a intercooperação e a internacionalização da -

Leia Mais
16/10/2019 às 07h38

Quarta-feira é marcada por pancadas de chuva no Centro-Oeste e Norte

As primeiras imagens de satélite desta quarta-feira, 16, mostram a formação de áreas de instabilidade com descargas elétricas na região da campanha gaúcha que avançam -

Leia Mais
15/10/2019 às 19h42

CMN autoriza composição de dívidas decorrentes de crédito rural

O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu nesta terça-feira, 15, autorizar a composição de dívidas de produtores rurais e cooperativas de produção que tiveram problemas climáticos -

Leia Mais
15/10/2019 às 18h28

Dólar fecha com alta de 0,94%, cotado a R$ 4,166 para venda

O dólar comercial encerrou a sessão desta terça-feira, 15, com alta de 0,94%, sendo negociado a R$ 4,166 para venda e a R$ 4,164 para -

Leia Mais
15/10/2019 às 17h46

Soja: qualidade das lavouras americanas está melhor que o esperado

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou dados sobre as condições das lavouras americanas de soja. Segundo o órgão, até domingo, 54% estavam -

Leia Mais
15/10/2019 às 17h43

Milho: índice de lavouras dos EUA em boas condições cai para 55%

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou dados sobre as condições das lavouras americanas de milho. Segundo o órgão, até domingo, 55% estavam -

Leia Mais
15/10/2019 às 17h37

EUA: colheita de soja está adiantada frente à expectativa do mercado

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou relatório sobre a evolução colheita das lavouras de soja. Até o domingo, 13, a área colhida -

Leia Mais

Radar

09 de outubro de 2019 às 19h34

Café mantém poucos negócios e preços estáveis em Nova York 

O mercado físico brasileiro de café teve uma quarta-feira de preços estáveis e de poucos negócios. A volatilidade na Bolsa de Nova York, com o fechamento em leve baixa, e a moderada alta do dólar, determinaram que o mercado tivesse estabilidade no dia. Não houve estímulo ao maior volume de negociações.

No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa permaneceu em R$ 410/415,00. No cerrado mineiro, o preço ficou inalterado em R$ 415/420,00. Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais, com 20% de catação, teve preço de R$ 310,00/315,00, estável.

O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, teve preço de R$ 278,00/283,00 a saca, inalterado.

veja também

16/10/2019 às 10h20

Fim da vacina contra aftosa no Paraná deve favorecer novos mercados

O secretário estadual de Agricultura, Norberto Ortigara, ressalta que estado deve agora ampliar os mecanismos de vigilância para impedir a reintrodução do vírus

Leia Mais
16/10/2019 às 09h46

Aneel quer rever regras para consumidores que geram energia elétrica

A agência vai abrir uma consulta pública para tratar da modalidade na qual os consumidores podem gerar a própria energia elétrica em suas residências

Leia Mais
16/10/2019 às 08h36

Governo libera nova linha de crédito para produtor rural pagar dívidas

Ao todo, serão oferecidos até R$ 1 bilhão para quitar empréstimos de custeio e investimento contratados até 28 de dezembro de 2017

Leia Mais
16/10/2019 às 08h10

Bolsonaro vai tentar negociar acordo comercial entre Mercosul e Japão

Na China, presidente deve prosseguir com extensa agenda de visitas mútuas de autoridades dos dois países

Leia Mais
15/10/2019 às 20h16

Acordo entre China e EUA não afeta o agro do Brasil, diz deputado

Alceu Moreira acredita que o país não precisa se preocupar com a compra de produtores agrícolas norte-americanos pelos asiáticos

Leia Mais
15/10/2019 às 20h16

Soja sobe no Brasil, mas produtor segue retraído nos negócios

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam com preços em baixa

Leia Mais
15/10/2019 às 20h12

Daoud: Falta de metas claras mantém economia estagnada

O Fundo Monetário Nacional (FMI) diminuiu a expectativa de crescimento em 2020

Leia Mais
15/10/2019 às 19h56

Produtor vê soja morrer com estiagem depois de perder trigo para geada

A Aprosoja do Paraná recomenda que os agricultores esperem a chegada das chuvas antes de optarem pelo replantio; entenda a situação

Leia Mais
15/10/2019 às 19h40

Governo recebe sugestões para alterar norma que regula trabalho no campo

Contribuições para a NR 31 podem ser enviadas até a próxima semana

Leia Mais
15/10/2019 às 18h25

Crédito rural: Agricultura e Justiça atuarão em conjunto contra vendas casadas

O acordo deve ser firmado pelos ministros Sergio Moro e Tereza Cristina nesta quarta-feira, 16, e terá duração de 24 meses, com possibilidade de renovação

Leia Mais