Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Uso de fertilizantes especiais cresce 20% ao ano, diz diretor da Kimberlit

ENTREVISTA

Uso de fertilizantes especiais cresce 20% ao ano, diz diretor da Kimberlit

No programa Conexão Agro, Luciano de Gissi conta que a empresa também está apostando em biodefensivos, através da nova marca Bionat

29 de julho de 2019 às 16h35
Por Canal Rural

No programa Conexão Agro desta semana, Alessandra Mello e Luiz Cornacchioni entrevistam Luciano de Gissi, sócio e diretor industrial da Kimberlit Agrociêncas, líder em fertilizantes especiais, e diretor na Bionat, nova aposta da empresa na área de bio-defensivos.

Segundo Gissi, os fertilizantes especiais necessitam de um manejo igual ou até mais simples do que os produtos convencionais. “É igual porque a forma de aplicação é a mesma. A vantagem de alguns especiais é que eles contêm mais nutrientes na mesma formulação, o que evita que o produtor tenha que misturar três ou quatro tipos diferentes”, afirma.

A utilização de fertilizantes especiais vem crescendo em torno de 20% ao ano no Brasil, de acordo com Gisse, e o Brasil se encontra à altura de demais países que utilizam o produto. “Mas ainda tem muito espaço para crescer”.

O diretor conta que a Kimberlit está apostando também em biodefensivos como uma nova marca, a Bionat. Segundo ele, a fabricação de bio-defensivos acompanha a tendência de utilização de produtos biológicos, que no Brasil teriam tido aumento de 77% nas vendas no ciclo 2017/2018.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Uso de fertilizantes especiais cresce 20% ao ano, diz diretor da Kimberlit

ENTREVISTA

Uso de fertilizantes especiais cresce 20% ao ano, diz diretor da Kimberlit

No programa Conexão Agro, Luciano de Gissi conta que a empresa também está apostando em biodefensivos, através da nova marca Bionat

29 de julho de 2019 às 16h35
Por Canal Rural

No programa Conexão Agro desta semana, Alessandra Mello e Luiz Cornacchioni entrevistam Luciano de Gissi, sócio e diretor industrial da Kimberlit Agrociêncas, líder em fertilizantes especiais, e diretor na Bionat, nova aposta da empresa na área de bio-defensivos.

Segundo Gissi, os fertilizantes especiais necessitam de um manejo igual ou até mais simples do que os produtos convencionais. “É igual porque a forma de aplicação é a mesma. A vantagem de alguns especiais é que eles contêm mais nutrientes na mesma formulação, o que evita que o produtor tenha que misturar três ou quatro tipos diferentes”, afirma.

A utilização de fertilizantes especiais vem crescendo em torno de 20% ao ano no Brasil, de acordo com Gisse, e o Brasil se encontra à altura de demais países que utilizam o produto. “Mas ainda tem muito espaço para crescer”.

O diretor conta que a Kimberlit está apostando também em biodefensivos como uma nova marca, a Bionat. Segundo ele, a fabricação de bio-defensivos acompanha a tendência de utilização de produtos biológicos, que no Brasil teriam tido aumento de 77% nas vendas no ciclo 2017/2018.

Deixe um Comentário





Mais Notícias