Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Mercado e Cia » Recomendação do MPF prejudica sistema produtivo, diz presidente da Aprosoja Goiás

AVIAÇÃO

Recomendação do MPF prejudica sistema produtivo, diz presidente da Aprosoja Goiás

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao Ministério da Agricultura (Mapa) que deixe de conceder novas autorizações para prestação de serviços de aviação agrícola por empresas que não possuam licenciamento no órgão ambiental estadual. O MPF sugeriu ainda que as autorizações já concedidas sejam revisadas pelo Mapa. Essa orientação é resultado das operações Deriva 1…

21 de dezembro de 2017 às 14h14
Por Canal Rural

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao Ministério da Agricultura (Mapa) que deixe de conceder novas autorizações para prestação de serviços de aviação agrícola por empresas que não possuam licenciamento no órgão ambiental estadual. O MPF sugeriu ainda que as autorizações já concedidas sejam revisadas pelo Mapa. Essa orientação é resultado das operações Deriva 1 e 2, que constataram irregularidades na atividade da aviação agrícola em Mato Grosso do Sul, Goiás e Paraná. De acordo com o presidente da Associação dos Produtores de Soja de Goiás (Aprosoja-GO), Bartolomeu Braz, essa recomendação do ministério prejudica o sistema produtivo. Benedito Rosa também comenta o assunto.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Mercado e Cia » Recomendação do MPF prejudica sistema produtivo, diz presidente da Aprosoja Goiás

AVIAÇÃO

Recomendação do MPF prejudica sistema produtivo, diz presidente da Aprosoja Goiás

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao Ministério da Agricultura (Mapa) que deixe de conceder novas autorizações para prestação de serviços de aviação agrícola por empresas que não possuam licenciamento no órgão ambiental estadual. O MPF sugeriu ainda que as autorizações já concedidas sejam revisadas pelo Mapa. Essa orientação é resultado das operações Deriva 1…

21 de dezembro de 2017 às 14h14
Por Canal Rural

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao Ministério da Agricultura (Mapa) que deixe de conceder novas autorizações para prestação de serviços de aviação agrícola por empresas que não possuam licenciamento no órgão ambiental estadual. O MPF sugeriu ainda que as autorizações já concedidas sejam revisadas pelo Mapa. Essa orientação é resultado das operações Deriva 1 e 2, que constataram irregularidades na atividade da aviação agrícola em Mato Grosso do Sul, Goiás e Paraná. De acordo com o presidente da Associação dos Produtores de Soja de Goiás (Aprosoja-GO), Bartolomeu Braz, essa recomendação do ministério prejudica o sistema produtivo. Benedito Rosa também comenta o assunto.

Deixe um Comentário





Mais Notícias