Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Entretenimento » Bom Dia Campo » Pecuarista com mil suínos pode desperdiçar até R$ 8 mil com água por ano

PESQUISA

Pecuarista com mil suínos pode desperdiçar até R$ 8 mil com água por ano

Pesquisador da Embrapa Aves e Suínos informa que entidade lançará cartilha com boas práticas relacionadas ao uso da água na suinoculturaA Embrapa Suínos e Aves pretende lançar, ainda este ano, uma cartilha sobre boas práticas relacionadas ao uso de água na suinocultura, informou nesta segunda, dia 9, o pesquisador Paulo Armando de Oliveira, que esteve no programa Bom Dia Campo.

10 de março de 2015 às 15h34
Por Canal Rural

Segundo ele, um pecuarista que tem 1 mil suínos, por exemplo, chega a gastar de R$ 4 mil a R$ 8 mil por ano só com o desperdício de águaHá 30 anos, o gasto médio de água na suinocultura girava em torno de 16 litros por dia para cada animal no Brasil. Hoje, segundo a Embrapa Suínos e Aves, esse número foi reduzido para 8,5 litros. O corte, que beira 50%, é fruto do trabalho de conscientização realizada pela Embrapa, iniciado em 2011.

Mudanças e avanços em genética, nutrição e instalações também são fatores importantes para essa redução. Oliveira foi o responsável por coordenar os estudos da entidade. Ele destaca o uso excessivo de recursos para a limpeza das instalações e sugere que a melhor opção é adotar o método dos norte-americanos, que usam a água apenas para limpar a saída dos animais ou durante a troca dos lotes. O pesquisador também salienta a importância da utilização correta dos equipamentos, visando amenizar esse problema. 

– O mais importante na parte hidráulica é o produtor tomar cuidado para que não haja vazamentos, ajustar os bebedouros do ponto de vista de pressão e vazão – explica Oliveira.

A ideia da cartilha é disseminar informações para que os produtores mantenham o consumo na média dos 8,5 litros por dia para cada animal. Outros trabalhos relacionados ao tema já estão disponíveis no site da  Embrapa Informática Agropecuária.

*Apuração de José Luiz Florentino, edição de Paula Soprana

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Entretenimento » Bom Dia Campo » Pecuarista com mil suínos pode desperdiçar até R$ 8 mil com água por ano

PESQUISA

Pecuarista com mil suínos pode desperdiçar até R$ 8 mil com água por ano

Pesquisador da Embrapa Aves e Suínos informa que entidade lançará cartilha com boas práticas relacionadas ao uso da água na suinoculturaA Embrapa Suínos e Aves pretende lançar, ainda este ano, uma cartilha sobre boas práticas relacionadas ao uso de água na suinocultura, informou nesta segunda, dia 9, o pesquisador Paulo Armando de Oliveira, que esteve no programa Bom Dia Campo.

10 de março de 2015 às 15h34
Por Canal Rural

Segundo ele, um pecuarista que tem 1 mil suínos, por exemplo, chega a gastar de R$ 4 mil a R$ 8 mil por ano só com o desperdício de águaHá 30 anos, o gasto médio de água na suinocultura girava em torno de 16 litros por dia para cada animal no Brasil. Hoje, segundo a Embrapa Suínos e Aves, esse número foi reduzido para 8,5 litros. O corte, que beira 50%, é fruto do trabalho de conscientização realizada pela Embrapa, iniciado em 2011.

Mudanças e avanços em genética, nutrição e instalações também são fatores importantes para essa redução. Oliveira foi o responsável por coordenar os estudos da entidade. Ele destaca o uso excessivo de recursos para a limpeza das instalações e sugere que a melhor opção é adotar o método dos norte-americanos, que usam a água apenas para limpar a saída dos animais ou durante a troca dos lotes. O pesquisador também salienta a importância da utilização correta dos equipamentos, visando amenizar esse problema. 

– O mais importante na parte hidráulica é o produtor tomar cuidado para que não haja vazamentos, ajustar os bebedouros do ponto de vista de pressão e vazão – explica Oliveira.

A ideia da cartilha é disseminar informações para que os produtores mantenham o consumo na média dos 8,5 litros por dia para cada animal. Outros trabalhos relacionados ao tema já estão disponíveis no site da  Embrapa Informática Agropecuária.

*Apuração de José Luiz Florentino, edição de Paula Soprana

Deixe um Comentário





Mais Notícias