Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Conexão Agro » Inseminação artificial chega ao pequeno produtor

CONEXÃO AGRO

Inseminação artificial chega ao pequeno produtor

Para Sérgio Saud, presidente da Asbia (Associação Brasileira de Inseminação Artificial), hoje uma dose de sêmen pode ser adquirida por R$ 20,00. Por isso, se os pequenos produtores se unirem para dividir os custos maiores, caso do botijão de nitrogênio, o acesso à inseminação artificial se torna mais fácil. A Asbia tem a meta de…

19 de maio de 2018 às 21h19
Por Canal Rural

Para Sérgio Saud, presidente da Asbia (Associação Brasileira de Inseminação Artificial), hoje uma dose de sêmen pode ser adquirida por R$ 20,00. Por isso, se os pequenos produtores se unirem para dividir os custos maiores, caso do botijão de nitrogênio, o acesso à inseminação artificial se torna mais fácil. A Asbia tem a meta de ampliar de 12% para 16% a inseminação artificial das fêmeas em idade reprodutiva no Brasil até 2019. Em entrevista a Alessandra Mello e Maurício Nogueira, Saud falou sobre a trajetória de mais de 20 anos no setor da pecuária e dos projetos da associação para  ampliar a divulgação da técnica de inseminação artificial mostrando as vantagens que o produtor tem quando a utiliza no rebanho.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Conexão Agro » Inseminação artificial chega ao pequeno produtor

CONEXÃO AGRO

Inseminação artificial chega ao pequeno produtor

Para Sérgio Saud, presidente da Asbia (Associação Brasileira de Inseminação Artificial), hoje uma dose de sêmen pode ser adquirida por R$ 20,00. Por isso, se os pequenos produtores se unirem para dividir os custos maiores, caso do botijão de nitrogênio, o acesso à inseminação artificial se torna mais fácil. A Asbia tem a meta de…

19 de maio de 2018 às 21h19
Por Canal Rural

Para Sérgio Saud, presidente da Asbia (Associação Brasileira de Inseminação Artificial), hoje uma dose de sêmen pode ser adquirida por R$ 20,00. Por isso, se os pequenos produtores se unirem para dividir os custos maiores, caso do botijão de nitrogênio, o acesso à inseminação artificial se torna mais fácil. A Asbia tem a meta de ampliar de 12% para 16% a inseminação artificial das fêmeas em idade reprodutiva no Brasil até 2019. Em entrevista a Alessandra Mello e Maurício Nogueira, Saud falou sobre a trajetória de mais de 20 anos no setor da pecuária e dos projetos da associação para  ampliar a divulgação da técnica de inseminação artificial mostrando as vantagens que o produtor tem quando a utiliza no rebanho.

Deixe um Comentário





Mais Notícias