Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Rural Notícias » Produtores de arroz do Rio Grande do Sul pedem socorro ao governo federal

SITUAÇÃO CRÍTICA

Produtores de arroz do Rio Grande do Sul pedem socorro ao governo federal

Sem rentabilidade para iniciar o próximo plantio, rizicultores do estado iniciam mobilizações para buscar saída para endividamento; presidente do Sindicato Rural do município de Dom Pedrito mostra em vídeo situação de urgência 

05 de agosto de 2019 às 20h32
Por Canal Rural

Ao contrário do que esperava o setor de arroz, o Conselho Monetário Nacional (CMN) não colocou em pauta a prorrogação das parcelas de custeios e investimentos de produtores. Sem rentabilidade para o próximo plantio, produtores das regiões da Campanha e da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul fizeram mobilizações nesta segunda-feira, 5, na tentativa de sensibilizar o governo sobre a urgência de medidas que permitam que os agricultores não abandonem a atividade.

O produtor de arroz, o presidente do Sindicato Rural de Dom Pedrito, Cristiano Vargas Cabrera, mostrou em vídeo a situação de urgência vivida pelos arrozeiros.

De acordo com o comentarista Miguel Daoud, o produtor precisa ter consciência de que não será atendido em suas necessidades, dado  o distanciamento do governo. “Não vejo nenhuma solução, a não ser continuar se mobilizando”, diz.

Deixe um Comentário





Sorry, we couldn't find any posts. Please try a different search.

Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Rural Notícias » Produtores de arroz do Rio Grande do Sul pedem socorro ao governo federal

SITUAÇÃO CRÍTICA

Produtores de arroz do Rio Grande do Sul pedem socorro ao governo federal

Sem rentabilidade para iniciar o próximo plantio, rizicultores do estado iniciam mobilizações para buscar saída para endividamento; presidente do Sindicato Rural do município de Dom Pedrito mostra em vídeo situação de urgência 

05 de agosto de 2019 às 20h32
Por Canal Rural

Ao contrário do que esperava o setor de arroz, o Conselho Monetário Nacional (CMN) não colocou em pauta a prorrogação das parcelas de custeios e investimentos de produtores. Sem rentabilidade para o próximo plantio, produtores das regiões da Campanha e da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul fizeram mobilizações nesta segunda-feira, 5, na tentativa de sensibilizar o governo sobre a urgência de medidas que permitam que os agricultores não abandonem a atividade.

O produtor de arroz, o presidente do Sindicato Rural de Dom Pedrito, Cristiano Vargas Cabrera, mostrou em vídeo a situação de urgência vivida pelos arrozeiros.

De acordo com o comentarista Miguel Daoud, o produtor precisa ter consciência de que não será atendido em suas necessidades, dado  o distanciamento do governo. “Não vejo nenhuma solução, a não ser continuar se mobilizando”, diz.

Deixe um Comentário





Mais Notícias

Sorry, we couldn't find any posts. Please try a different search.