Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Rural Notícias » Peste suína: Brasil reforça fiscalização para impedir entrada do vírus

SAÚDE ANIMAL

Peste suína: Brasil reforça fiscalização para impedir entrada do vírus

Diretor do departamento de saúde animal do Mapa, Geraldo Moraes, comenta mudanças na vigilância nos meios de maior risco

07 de outubro de 2019 às 20h22
Por Canal Rural

A peste suína já dizimou metade do rebanho chinês, segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), e a doença já chega a outros países,gerando preocupação para produtores brasileiros, atentos à possibilidade do vírus desembarcar por aqui

De acordo com o Ministério da Agricultura, a fiscalização existente é suficiente para proteger nossos rebanhos. “Hoje temos dois cães farejadores que identificam produtos alimentícios na bagagem dos viajantes”, disse Geraldo Moraes, diretor do Departamento de Saúde Animal do ministério.

Além disso, Geraldo afirma que o reforço está também ligado às instituições que cuidam dessa parte alfandegária.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Rural Notícias » Peste suína: Brasil reforça fiscalização para impedir entrada do vírus

SAÚDE ANIMAL

Peste suína: Brasil reforça fiscalização para impedir entrada do vírus

Diretor do departamento de saúde animal do Mapa, Geraldo Moraes, comenta mudanças na vigilância nos meios de maior risco

07 de outubro de 2019 às 20h22
Por Canal Rural

A peste suína já dizimou metade do rebanho chinês, segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), e a doença já chega a outros países,gerando preocupação para produtores brasileiros, atentos à possibilidade do vírus desembarcar por aqui

De acordo com o Ministério da Agricultura, a fiscalização existente é suficiente para proteger nossos rebanhos. “Hoje temos dois cães farejadores que identificam produtos alimentícios na bagagem dos viajantes”, disse Geraldo Moraes, diretor do Departamento de Saúde Animal do ministério.

Além disso, Geraldo afirma que o reforço está também ligado às instituições que cuidam dessa parte alfandegária.

Deixe um Comentário





Mais Notícias

Sorry, we couldn't find any posts. Please try a different search.