Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Rural Notícias » Governo dá sinais de que não poderá perdoar dívida do Funrural

IMPASSE

Governo dá sinais de que não poderá perdoar dívida do Funrural

Bolsonaro se comprometeu em campanha a eliminar o passivo, enquanto a orientação do Ministério da Economia é de manter a cobrança

02 de abril de 2019 às 21h18
Por Canal Rural

Durante campanha, o presidente Jair Bolsonaro se comprometeu a perdoar o passivo que produtores têm com o Funrural. Mas o Ministério da Economia orienta o governo a manter a cobrança. A justificativa seria a de que a anistia da dívida, poderia ser motivo de um pedido de impeachment, já que o governo estaria assumindo uma dívida sem ter recursos para cobrir. A bancada ruralista quer que a Economia encontre uma solução. O analista jurídico Ricardo Alfonsin e o comentarista Miguel Daoud comentam possíveis soluções para resolver o impasse.

3 comentários

  1. carlos alberto em 2 de abril de 2019 às 21:22

    carlos alberto

  2. hrsn_75@hotmail.com em 9 de abril de 2019 às 21:27

    Nunca ouvi uma entrevista mais desprovida de fundamento técnico. Quanta bobagem em tão pouco espaço de tempo. Não tem noção do que disse. O congresso vai votar o pl 9252 e anistiar o passivo criado artificialmente e colocado no cilindro produtor. Se a agu entender necessário, cria-se dotação orçamentária compensatória. Não tem nenhuma promessa impossível aí meu caro..

  3. Álvaro Luiz Scheffer em 7 de junho de 2019 às 19:34

    Sou produtor rural e sempre paguei bastante funrural não concordo com essa anistia, isso é chamar quem pagou o imposto de burro.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Rural Notícias » Governo dá sinais de que não poderá perdoar dívida do Funrural

IMPASSE

Governo dá sinais de que não poderá perdoar dívida do Funrural

Bolsonaro se comprometeu em campanha a eliminar o passivo, enquanto a orientação do Ministério da Economia é de manter a cobrança

02 de abril de 2019 às 21h18
Por Canal Rural

Durante campanha, o presidente Jair Bolsonaro se comprometeu a perdoar o passivo que produtores têm com o Funrural. Mas o Ministério da Economia orienta o governo a manter a cobrança. A justificativa seria a de que a anistia da dívida, poderia ser motivo de um pedido de impeachment, já que o governo estaria assumindo uma dívida sem ter recursos para cobrir. A bancada ruralista quer que a Economia encontre uma solução. O analista jurídico Ricardo Alfonsin e o comentarista Miguel Daoud comentam possíveis soluções para resolver o impasse.

3 comentários

  1. carlos alberto em 2 de abril de 2019 às 21:22

    carlos alberto

  2. hrsn_75@hotmail.com em 9 de abril de 2019 às 21:27

    Nunca ouvi uma entrevista mais desprovida de fundamento técnico. Quanta bobagem em tão pouco espaço de tempo. Não tem noção do que disse. O congresso vai votar o pl 9252 e anistiar o passivo criado artificialmente e colocado no cilindro produtor. Se a agu entender necessário, cria-se dotação orçamentária compensatória. Não tem nenhuma promessa impossível aí meu caro..

  3. Álvaro Luiz Scheffer em 7 de junho de 2019 às 19:34

    Sou produtor rural e sempre paguei bastante funrural não concordo com essa anistia, isso é chamar quem pagou o imposto de burro.

Deixe um Comentário





Mais Notícias