Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Rural Notícias » Frente parlamentar é criada para acelerar retirada de vacina de febre aftosa

SANIDADE ANIMAL

Frente parlamentar é criada para acelerar retirada de vacina de febre aftosa

Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul reúne colegiado em apoio à evolução do status sanitário do estado

22 de abril de 2019 às 20h24
Por CANAL RURAL

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul criou uma frente parlamentar em apoio à evolução do status sanitário animal do estado. O colegiado foi criado para buscar articulação entre entidades do setor e lideranças políticas estaduais e federais. Entre os pedidos da frente parlamentar está a antecipação da retirada da vacina contra febre aftosa.

2 comentários

  1. joão em 23 de abril de 2019 às 08:33

    Será que estes ¨competentes¨ parlamentares sabem o que estão fazendo??? Pois digo que se¨ ruim¨com vacinação, muito pior sem ela. Se o minimo dos mínimos, vier acontecer, o mundo fecha as portas do mercado para nós e ai passarão + ou_ 7 anos para repararmos o estrago feito, por 2 ou 3 que não sabem quantos metros quadrados tem um hectare, e muito menos quantos meses levamos para produzirmos um terneiro com 160 kg para venda…

    • joão em 23 de abril de 2019 às 08:40

      Por que moderação se não fui ofensivo? Apenas estou sendo realista,para nos defender de quem não sabe absolutamente nada e é pau mandado de quem se beneficiará com a retirada da vacinação…

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Rural Notícias » Frente parlamentar é criada para acelerar retirada de vacina de febre aftosa

SANIDADE ANIMAL

Frente parlamentar é criada para acelerar retirada de vacina de febre aftosa

Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul reúne colegiado em apoio à evolução do status sanitário do estado

22 de abril de 2019 às 20h24
Por CANAL RURAL

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul criou uma frente parlamentar em apoio à evolução do status sanitário animal do estado. O colegiado foi criado para buscar articulação entre entidades do setor e lideranças políticas estaduais e federais. Entre os pedidos da frente parlamentar está a antecipação da retirada da vacina contra febre aftosa.

2 comentários

  1. joão em 23 de abril de 2019 às 08:33

    Será que estes ¨competentes¨ parlamentares sabem o que estão fazendo??? Pois digo que se¨ ruim¨com vacinação, muito pior sem ela. Se o minimo dos mínimos, vier acontecer, o mundo fecha as portas do mercado para nós e ai passarão + ou_ 7 anos para repararmos o estrago feito, por 2 ou 3 que não sabem quantos metros quadrados tem um hectare, e muito menos quantos meses levamos para produzirmos um terneiro com 160 kg para venda…

    • joão em 23 de abril de 2019 às 08:40

      Por que moderação se não fui ofensivo? Apenas estou sendo realista,para nos defender de quem não sabe absolutamente nada e é pau mandado de quem se beneficiará com a retirada da vacinação…

Deixe um Comentário





Mais Notícias