MUDANÇA

Nova sede da Ceagesp deve ser definida no 3º trimestre de 2019

Quem confirmou a informação foi o secretário de Agricultura de São Paulo, Gustavo Junqueira

O novo secretário de Agricultura de São Paulo, Gustavo Junqueira, confirmou à equipe do Canal Rural que a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) deve ser transferida para uma nova sede. Segundo ele, a definição do local deve sair no terceiro trimestre de 2019.

O projeto Família Nação Agro é uma parceria entre o Canal Rural e o Senar-SP.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


4 comentário em “Nova sede da Ceagesp deve ser definida no 3º trimestre de 2019

  1. A União, o Estado e até o Município sabem que a CEAGESP vai ser transferida?!? Mas, os empregados da Companhia são os únicos que desconhecem a real situação deste fato sempre tão mencionado e noticiado na imprensa. Agora, também se noticia a intervenção da estatal por meio da intervenção (compreende regulamentação e fiscalização da atividade econômica) por via do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, órgão ao qual estamos vinculados. O triste de tudo isso é a especulação degradando a imagem da CEAGESP, a assimetria informacional fomentando a desinformação e a falta de transparência aos que estão no chão da fábrica da Companhia: os seus empregados públicos.

  2. Existe em São Paulo um lugar chamado Parelheiros que tem uma grande area e faz parte do cinturão verde de São Paulo,existindo grandes produtores de Frutas,legumes e plantas ornamentais.Ouvi dizer que estavam pensando em mudar para Perus,completamente inviavél ao grande publico que toda semana frequenta o CEAGESP,longe do centro e condução escassa…Parelheiros ira receber um aeroporto,por que não o CEAGESP???

  3. Na minha opinião vai ser ótima a mudança do Ceagesp para um lugar melhor estruturado, adequando tudo para melhor servir, agora se não houver a mudança, deve ser reformado, pois está muito ruim suas acomodações, muito sujo, com aspeto de abandono, está longe de ser um ponto turístico, embora tenha muito turismo.

css.php
Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil