Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Rural Notícias » Brasil segue as normas ambientais, mas passa imagem errada, afirma Daoud

CONSUMO SUSTENTÁVEL

Brasil segue as normas ambientais, mas passa imagem errada, afirma Daoud

Pesquisa que fez entrevistas em 24 países apontou que um terço dos consumidores têm preocupação com questões envolvendo o meio ambiente

11 de setembro de 2019 às 20h05
Por Canal Rural

Uma pesquisa assinada pela Kantar, empresa do Reino Unido, apontou que cerca de um terço das pessoas entrevistadas em 24 países da Europa, América Latina e Ásia, estão atentas às questões que envolvem o meio ambiente e o consumo consciente. O levantamento ouviu 65 mil pessoas e indicou também que consumidores da Europa Ocidental são os mais preocupados em reduzir impactos ambientais. Na América Latina, o Chile é o que tem mais consumidores ecologicamente engajados. Por lá, 37% dos entrevistados estão tentando fazer mudanças práticas para um consumo mais sustentável. Na Europa, os países com consumidores mais conscientes são a Áustria e a Alemanha, segundo a pesquisa.

O Brasil é citado por diferentes especialistas em agronegócio como celeiro do mundo na produção de alimentos. Para o comentarista Miguel Daoud tudo que o Brasil exporta passa por um processo complexo, com critérios rígidos, não existindo vendas sem análises detalhadas. Segundo ele, no entanto, o Brasil passa uma imagem errada sobre a forma de produção, por falta de marketing,  que poderia esclarecer as práticas ambientais adotadas, como é feito em outros países.

2 comentários

  1. José Masculino Savegnago em 12 de setembro de 2019 às 08:07

    O grande problema é às pessoas mal intencionadas e estás mídias porcas que temos aqui no Brasil que fazem de tudo e sem a menor consciência de passar informação errada a população que infelizmente não têm conhecimento das leis existentes aqui no Agronegócio

  2. Honneur em 12 de setembro de 2019 às 10:38

    Não seria por uma mídia preocupada mais com o disse-me-disse que com a notícia propriamente dita. Noto uma fixação pelo “em off”, pelo “bastidor”, pelo “fulano disse”; pelo “o que o Sr. acha”. Isso acontece na economia, na política, nos esportes…

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Rural Notícias » Brasil segue as normas ambientais, mas passa imagem errada, afirma Daoud

CONSUMO SUSTENTÁVEL

Brasil segue as normas ambientais, mas passa imagem errada, afirma Daoud

Pesquisa que fez entrevistas em 24 países apontou que um terço dos consumidores têm preocupação com questões envolvendo o meio ambiente

11 de setembro de 2019 às 20h05
Por Canal Rural

Uma pesquisa assinada pela Kantar, empresa do Reino Unido, apontou que cerca de um terço das pessoas entrevistadas em 24 países da Europa, América Latina e Ásia, estão atentas às questões que envolvem o meio ambiente e o consumo consciente. O levantamento ouviu 65 mil pessoas e indicou também que consumidores da Europa Ocidental são os mais preocupados em reduzir impactos ambientais. Na América Latina, o Chile é o que tem mais consumidores ecologicamente engajados. Por lá, 37% dos entrevistados estão tentando fazer mudanças práticas para um consumo mais sustentável. Na Europa, os países com consumidores mais conscientes são a Áustria e a Alemanha, segundo a pesquisa.

O Brasil é citado por diferentes especialistas em agronegócio como celeiro do mundo na produção de alimentos. Para o comentarista Miguel Daoud tudo que o Brasil exporta passa por um processo complexo, com critérios rígidos, não existindo vendas sem análises detalhadas. Segundo ele, no entanto, o Brasil passa uma imagem errada sobre a forma de produção, por falta de marketing,  que poderia esclarecer as práticas ambientais adotadas, como é feito em outros países.

2 comentários

  1. José Masculino Savegnago em 12 de setembro de 2019 às 08:07

    O grande problema é às pessoas mal intencionadas e estás mídias porcas que temos aqui no Brasil que fazem de tudo e sem a menor consciência de passar informação errada a população que infelizmente não têm conhecimento das leis existentes aqui no Agronegócio

  2. Honneur em 12 de setembro de 2019 às 10:38

    Não seria por uma mídia preocupada mais com o disse-me-disse que com a notícia propriamente dita. Noto uma fixação pelo “em off”, pelo “bastidor”, pelo “fulano disse”; pelo “o que o Sr. acha”. Isso acontece na economia, na política, nos esportes…

Deixe um Comentário





Mais Notícias

Sorry, we couldn't find any posts. Please try a different search.