Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Rural Notícias » Banir glifosato traria problema muito grande para o agro, diz professor

POLÊMICA

Banir glifosato traria problema muito grande para o agro, diz professor

O estudioso defende que defensivos químicos são necessários para manejar pragas em uma agricultura de larga escala

06 de junho de 2019 às 20h15
Por Canal Rural

Banir o uso de glifosato no Brasil causaria um problema muito grande para o agricultura brasileira, afirma o professor da Universidade de Cruz Alta (RS) Mário Bianchi. “Praticamente todo o sistema de produção de grãos, sem contar as culturas perenes entre outras, depende do herbicida em algum momento”, justifica.

O estudioso defende um trabalho de conscientização, para que a população geral entenda a importância do defensivo. “Precisa-se de produtos como esse para conduzir a agricultura. Fazer o manejo de pragas em grande escala, sem herbicidas, é quase impossível”, conta.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já deu parecer favorável ao glifosato, dizendo que não há indícios de que o produto seja cancerígeno. Mesmo assim, há pressão em torno do assunto. A consulta pública aberta pelo órgão regulador para saber a opinião dos brasileiros acabou nesta quinta-feira, dia 6.

1 comentário

  1. Edilson Rocha em 7 de junho de 2019 às 11:42

    O que falta são informações, e a população ter mais conhecimento para discernir o que é verdadeiro e o que é informação com interesse contrário.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Rural Notícias » Banir glifosato traria problema muito grande para o agro, diz professor

POLÊMICA

Banir glifosato traria problema muito grande para o agro, diz professor

O estudioso defende que defensivos químicos são necessários para manejar pragas em uma agricultura de larga escala

06 de junho de 2019 às 20h15
Por Canal Rural

Banir o uso de glifosato no Brasil causaria um problema muito grande para o agricultura brasileira, afirma o professor da Universidade de Cruz Alta (RS) Mário Bianchi. “Praticamente todo o sistema de produção de grãos, sem contar as culturas perenes entre outras, depende do herbicida em algum momento”, justifica.

O estudioso defende um trabalho de conscientização, para que a população geral entenda a importância do defensivo. “Precisa-se de produtos como esse para conduzir a agricultura. Fazer o manejo de pragas em grande escala, sem herbicidas, é quase impossível”, conta.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já deu parecer favorável ao glifosato, dizendo que não há indícios de que o produto seja cancerígeno. Mesmo assim, há pressão em torno do assunto. A consulta pública aberta pelo órgão regulador para saber a opinião dos brasileiros acabou nesta quinta-feira, dia 6.

1 comentário

  1. Edilson Rocha em 7 de junho de 2019 às 11:42

    O que falta são informações, e a população ter mais conhecimento para discernir o que é verdadeiro e o que é informação com interesse contrário.

Deixe um Comentário





Mais Notícias