MUDANÇAS

Aposentadoria rural: novas regras querem agilizar pedidos e evitar fraudes

Quase 100 mil pessoas podem ter se aposentado com documentos fraudados nos últimos anos, de acordo com INSS

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) anunciou nesta sexta-feira, dia 15, novas regras para a aposentadoria rural e segurados especiais. O objetivo é simplificar o processo de pedido para se aposentar e evitar fraudes. Quase 100 mil pessoas podem ter sido aposentadas com documentos fraudados nos últimos anos.

Os trabalhadores rurais que reivindicarem o benefício não terão mais que validar a autodeclarações de exercício da atividade. Agora, basta que o produtor procure uma agência do INSS, que vai usar suas bases de dados para comprovar as informações.

O advogado previdenciário Rodolfo Ramer esclarece as dúvidas sobre o novo processo de requerimento de aposentadoria rural.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


2 comentário em “Aposentadoria rural: novas regras querem agilizar pedidos e evitar fraudes

css.php
Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil