PREVENÇÃO

Apesar de apelos do setor, governo deve manter vacina de aftosa

Pelos planos do Ministério da Agricultura, fim da obrigatoriedade da imunização deve ocorrer só em 2021

A Câmara Setorial da Carne Bovina discute a possibilidade de retirada da vacinação contra a aftosa no ano que vem. Os cuidados para manter o país livre da doença foi um dos assuntos discutidos nesta quinta-feira, dia 6, em Brasília. O setor quer o fim da obrigatoriedade da imunização a partir de 2019. Mas, pelos planos do Ministério da Agricultura, isso só deve ocorrer em 2021.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil