Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Mercado e Cia » Setor se mobiliza para votar a favor do glifosato

ÚLTIMAS HORAS

Setor se mobiliza para votar a favor do glifosato

A Anvisa abriu um canal para receber opiniões até a meia-noite desta quinta, dia 6; produtores se organizaram para defender a importância do herbicida

06 de junho de 2019 às 16h09
Por Rafael Walendorff, de Brasília

A consulta pública da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre o uso do glifosato no Brasil recebeu cerca de 2.700 opiniões até a tarde desta quinta-feira, dia 6. Destas, aproximadamente mil são contrárias ao herbicida. Os motivos são diversos: de supostos riscos ao meio ambiente até críticas à eficácia do produto. Já 1.700 defendem a importância do defensivo para as lavouras do país.

A Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) criou um guia para auxiliar produtores interessados em participar. Segundo o diretor-executivo da entidade, Fabrício Rosa, é importante que os agricultores que entendem a importância do defensivo para a agricultura brasileira se manifestem. O prazo para enviar opiniões acaba à meia-noite desta quinta.

Rosa afirma que a Anvisa quer mudar a classificação do glifosato, de baixo impacto para alto impacto, “simplesmente por irritação ocular”. “Ora, todos os aplicadores, todos os funcionários que trabalham no preparo desta calda usam o protetor.  Outra questão é com relação a pessoa que vai preparar a calda: não poderia ser a mesma que passa para o tanque e aplica. Isso também não faz sentido, diz.

É importante destacar que a consulta não tem poder de decisão. A expectativa é que o tema seja votado pela diretoria da Anvisa em dezembro.

 

 

7 comentários

  1. J.Dalla Costa em 6 de junho de 2019 às 16:11

    afff.. desde quando uma coisa séria como essa deve ser considerada a opinião numa enquete? enquete não é pesquisa, nao pode server de parâmetros pra nada.

  2. alan em 6 de junho de 2019 às 17:30

    oi gente, vcs fizeram a conta errada. o resultado soma mais de 100%, pois a resposta é multipla escolha.

  3. Pedro da Silva francisco em 6 de junho de 2019 às 21:29

    Sou totalmente contra porque todas as pesquisas serias demonstram que ele é extremamente nocivo a saúde humana e do solo

  4. Marli em 6 de junho de 2019 às 22:47

    Uso o glifosato .Mas nao consigo matar o Capim margoso unico que ele nao mata Boa noite

  5. Gilberto Carlos conte em 7 de junho de 2019 às 06:13

    Como não temos substituto para o glifosato. Ele é nossa alter ativas. Só devemos nos cuidar ao aplicar…

  6. José Elias de Góis. em 7 de junho de 2019 às 07:17

    Em relação a polêmica do uso do Glifosato, a ANVISA que é um órgão supostamente fiscalizador e regulamentador, procura minimizar os reais riscos a saúde humana e ao meio ambiente. Um absurdo, o econômico acima da saúde pública e da preservação. Parabéns.

  7. Hugo Turchetto Filho em 9 de junho de 2019 às 14:07

    Infelizmente, o poderoso lob das grandes laboratórios, irão prevalecer mais uma vez .Triste futuro pra todos nós, incluindo os , que defende suas necessidades imediatas .

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Mercado e Cia » Setor se mobiliza para votar a favor do glifosato

ÚLTIMAS HORAS

Setor se mobiliza para votar a favor do glifosato

A Anvisa abriu um canal para receber opiniões até a meia-noite desta quinta, dia 6; produtores se organizaram para defender a importância do herbicida

06 de junho de 2019 às 16h09
Por Rafael Walendorff, de Brasília

A consulta pública da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre o uso do glifosato no Brasil recebeu cerca de 2.700 opiniões até a tarde desta quinta-feira, dia 6. Destas, aproximadamente mil são contrárias ao herbicida. Os motivos são diversos: de supostos riscos ao meio ambiente até críticas à eficácia do produto. Já 1.700 defendem a importância do defensivo para as lavouras do país.

A Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) criou um guia para auxiliar produtores interessados em participar. Segundo o diretor-executivo da entidade, Fabrício Rosa, é importante que os agricultores que entendem a importância do defensivo para a agricultura brasileira se manifestem. O prazo para enviar opiniões acaba à meia-noite desta quinta.

Rosa afirma que a Anvisa quer mudar a classificação do glifosato, de baixo impacto para alto impacto, “simplesmente por irritação ocular”. “Ora, todos os aplicadores, todos os funcionários que trabalham no preparo desta calda usam o protetor.  Outra questão é com relação a pessoa que vai preparar a calda: não poderia ser a mesma que passa para o tanque e aplica. Isso também não faz sentido, diz.

É importante destacar que a consulta não tem poder de decisão. A expectativa é que o tema seja votado pela diretoria da Anvisa em dezembro.

 

 

7 comentários

  1. J.Dalla Costa em 6 de junho de 2019 às 16:11

    afff.. desde quando uma coisa séria como essa deve ser considerada a opinião numa enquete? enquete não é pesquisa, nao pode server de parâmetros pra nada.

  2. alan em 6 de junho de 2019 às 17:30

    oi gente, vcs fizeram a conta errada. o resultado soma mais de 100%, pois a resposta é multipla escolha.

  3. Pedro da Silva francisco em 6 de junho de 2019 às 21:29

    Sou totalmente contra porque todas as pesquisas serias demonstram que ele é extremamente nocivo a saúde humana e do solo

  4. Marli em 6 de junho de 2019 às 22:47

    Uso o glifosato .Mas nao consigo matar o Capim margoso unico que ele nao mata Boa noite

  5. Gilberto Carlos conte em 7 de junho de 2019 às 06:13

    Como não temos substituto para o glifosato. Ele é nossa alter ativas. Só devemos nos cuidar ao aplicar…

  6. José Elias de Góis. em 7 de junho de 2019 às 07:17

    Em relação a polêmica do uso do Glifosato, a ANVISA que é um órgão supostamente fiscalizador e regulamentador, procura minimizar os reais riscos a saúde humana e ao meio ambiente. Um absurdo, o econômico acima da saúde pública e da preservação. Parabéns.

  7. Hugo Turchetto Filho em 9 de junho de 2019 às 14:07

    Infelizmente, o poderoso lob das grandes laboratórios, irão prevalecer mais uma vez .Triste futuro pra todos nós, incluindo os , que defende suas necessidades imediatas .

Deixe um Comentário





Mais Notícias