EXPECTATIVA

Soja: mercado reage a possível entendimento entre EUA e China

Chicago iniciou o dia com alta e, de acordo com analista, clima e possível acordo são fatores que estão influenciando nas cotações

A soja começou o dia com o preço em alta na bolsa de Chicago nesta segunda-feira, influenciada pelo andamento das negociações comerciais entre Estados Unidos e China, que parecem caminhar em direção a um acordo. Segundo o analista de mercado Luiz Gutierrez, no entanto, os fatores climáticos começam a ganhar mais relevância na cotação.

“Existe um certo otimismo em relação ao fim da guerra comercial, mas como não há novidades, acaba havendo  também um certo ceticismo do mercado. Do lado do clima, há a questão de possíveis enchente nos EUA, o que pode atrapalhar o plantio de milho e elevando a área da soja, mas isso ainda não está definido”, comentou.

Para o analista, o mercado trabalha com a possibilidade de uma reunião entre os presidentes Donald Trump e Xi Jinping no mês de maio, o que indicaria um fim definitivo à disputa comercial entre os dois países.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Um comentário em “Soja: mercado reage a possível entendimento entre EUA e China

css.php
Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil