Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Mercado e Cia » ‘Se o agroquímico passou pela Anvisa, ele não é prejudicial à saúde’

NOVAS REGRAS

‘Se o agroquímico passou pela Anvisa, ele não é prejudicial à saúde’

A partir desta quinta-feira, 1°, os produtores rurais de Santa Catarina vão começar a pagar alíquota de 17% no ICMS na compra de defensivos

01 de agosto de 2019 às 16h01
Por Canal Rural

A partir desta quinta-feira, 1° de agosto, produtores rurais de Santa Catarina vão começar a pagar alíquota de 17% no imposto sobre circulação de mercadorias e serviços (Icms) na compra de defensivos agrícolas.

 Essa medida estava prevista para entrar em vigor no ano passado, por meio de um decreto estadual, no entanto, uma lei do próprio estado suspendeu a aplicação dessa tributação até a última quarta-feira, 31. A partir desta quinta-feira, 1°, os agroquímicos em Santa Catarina não vão contar mais com incentivos fiscais.

O diretor do conselho superior do agronegócio da FIESP, Christian Lohbauer, comentou que colocar taxa em cima dos defensivos é uma visão míope do agronegócio. “Se o defensivo passou pela Anvisa, ele não é prejudicial à saúde”, diz.

Deixe um Comentário





Sorry, we couldn't find any posts. Please try a different search.

Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Mercado e Cia » ‘Se o agroquímico passou pela Anvisa, ele não é prejudicial à saúde’

NOVAS REGRAS

‘Se o agroquímico passou pela Anvisa, ele não é prejudicial à saúde’

A partir desta quinta-feira, 1°, os produtores rurais de Santa Catarina vão começar a pagar alíquota de 17% no ICMS na compra de defensivos

01 de agosto de 2019 às 16h01
Por Canal Rural

A partir desta quinta-feira, 1° de agosto, produtores rurais de Santa Catarina vão começar a pagar alíquota de 17% no imposto sobre circulação de mercadorias e serviços (Icms) na compra de defensivos agrícolas.

 Essa medida estava prevista para entrar em vigor no ano passado, por meio de um decreto estadual, no entanto, uma lei do próprio estado suspendeu a aplicação dessa tributação até a última quarta-feira, 31. A partir desta quinta-feira, 1°, os agroquímicos em Santa Catarina não vão contar mais com incentivos fiscais.

O diretor do conselho superior do agronegócio da FIESP, Christian Lohbauer, comentou que colocar taxa em cima dos defensivos é uma visão míope do agronegócio. “Se o defensivo passou pela Anvisa, ele não é prejudicial à saúde”, diz.

Deixe um Comentário





Mais Notícias

Sorry, we couldn't find any posts. Please try a different search.