Home » Programas » Informação » Mercado e Cia » Saiba como a MP da Liberdade Econômica vai afetar o agronegócio 

MUDANÇAS

Saiba como a MP da Liberdade Econômica vai afetar o agronegócio 

A medida prevê, por exemplo, o fim das restrições de trabalho aos domingos e feriados, dispensando o pagamento em dobro do tempo trabalhado se a folga for determinada para outro dia da semana

14 de agosto de 2019 às 15h04
Por Canal Rural

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, 13, a medida provisória da Liberdade Econômica. Foram 345 votos a favor, 76 contrários e uma abstenção. Nesta quarta-feira, 14, os deputados devem analisar os destaques, ou seja, as propostas de mudanças no texto indicadas pelos partidos. Só então a matéria pode seguir para o Senado, que tem até o dia 27 de agosto para votar.

A medida prevê, por exemplo, o fim das restrições de trabalho aos domingos e feriados, dispensando o pagamento em dobro do tempo trabalhado nesses dias se a folga for determinada para outro dia da semana. Pelo texto, o trabalhador poderá trabalhar até quatro domingos seguidos, quando lhe será garantida uma folga neste dia.

“Muitas vezes você está na colheita e está chovendo há muitos dias, e no domingo estará bom para colher. Então, você simplesmente pode colher no domingo e dar o descanso semanal remunerado (ao funcionário) em outro dia da semana. Isso é importante principalmente no meio agrícola,  em uma atividade onde você depende muito do clima, então isso é um avanço”, afirma o comentarista do Canal Rural.

Deixe um Comentário





Sorry, we couldn't find any posts. Please try a different search.

Home » Programas » Informação » Mercado e Cia » Saiba como a MP da Liberdade Econômica vai afetar o agronegócio 

MUDANÇAS

Saiba como a MP da Liberdade Econômica vai afetar o agronegócio 

A medida prevê, por exemplo, o fim das restrições de trabalho aos domingos e feriados, dispensando o pagamento em dobro do tempo trabalhado se a folga for determinada para outro dia da semana

14 de agosto de 2019 às 15h04
Por Canal Rural

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, 13, a medida provisória da Liberdade Econômica. Foram 345 votos a favor, 76 contrários e uma abstenção. Nesta quarta-feira, 14, os deputados devem analisar os destaques, ou seja, as propostas de mudanças no texto indicadas pelos partidos. Só então a matéria pode seguir para o Senado, que tem até o dia 27 de agosto para votar.

A medida prevê, por exemplo, o fim das restrições de trabalho aos domingos e feriados, dispensando o pagamento em dobro do tempo trabalhado nesses dias se a folga for determinada para outro dia da semana. Pelo texto, o trabalhador poderá trabalhar até quatro domingos seguidos, quando lhe será garantida uma folga neste dia.

“Muitas vezes você está na colheita e está chovendo há muitos dias, e no domingo estará bom para colher. Então, você simplesmente pode colher no domingo e dar o descanso semanal remunerado (ao funcionário) em outro dia da semana. Isso é importante principalmente no meio agrícola,  em uma atividade onde você depende muito do clima, então isso é um avanço”, afirma o comentarista do Canal Rural.

Deixe um Comentário





Mais Notícias

Sorry, we couldn't find any posts. Please try a different search.