Home » Programas » Informação » Mercado e Cia » Reforma da Previdência não é suficiente para cobrir gastos, diz secretário do Tesouro

MUDANÇAS NA APOSENTADORIA

Reforma da Previdência não é suficiente para cobrir gastos, diz secretário do Tesouro

Segundo Mansueto Almeida, a proposta apenas retarda a velocidade de crescimento das despesas com o sistema previdenciário

09 de agosto de 2019 às 15h06
Por Canal Rural

O secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, declarou nesta semana que a reforma da Previdência, recém-chegada no Senado, não é o suficiente para garantir que o governo cumpra o teto de gastos. Segundo Mansueto, a proposta apenas retarda a velocidade de crescimento das despesas com o sistema previdenciário.

O comentarista do Canal Rural Miguel Daoud afirma que a reforma da Previdência não traz o que o Brasil precisa,que resolve a trajetória da dívida do país mas não resolve a dívida em si.

“A reforma da previdência não vai ser suficiente para abater as despesas numa totalidade, o que acaba gerando uma grande preocupação da nossa gestão fiscal”, diz.

Deixe um Comentário





Sorry, we couldn't find any posts. Please try a different search.

Home » Programas » Informação » Mercado e Cia » Reforma da Previdência não é suficiente para cobrir gastos, diz secretário do Tesouro

MUDANÇAS NA APOSENTADORIA

Reforma da Previdência não é suficiente para cobrir gastos, diz secretário do Tesouro

Segundo Mansueto Almeida, a proposta apenas retarda a velocidade de crescimento das despesas com o sistema previdenciário

09 de agosto de 2019 às 15h06
Por Canal Rural

O secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, declarou nesta semana que a reforma da Previdência, recém-chegada no Senado, não é o suficiente para garantir que o governo cumpra o teto de gastos. Segundo Mansueto, a proposta apenas retarda a velocidade de crescimento das despesas com o sistema previdenciário.

O comentarista do Canal Rural Miguel Daoud afirma que a reforma da Previdência não traz o que o Brasil precisa,que resolve a trajetória da dívida do país mas não resolve a dívida em si.

“A reforma da previdência não vai ser suficiente para abater as despesas numa totalidade, o que acaba gerando uma grande preocupação da nossa gestão fiscal”, diz.

Deixe um Comentário





Mais Notícias

Sorry, we couldn't find any posts. Please try a different search.