O setor de confinamento no Brasil está mais aquecido neste fim de ano e alguns analistas de mercado projetam que em 2019 o cenário vai ser ainda melhor. “Mato Grosso é a região que mais aumenta o número de confinamentos, principalmente pelo menor valor dos grãos” afirma o presidente da Associação Nacional da Pecuária Intensiva (Assocon), Alberto Pessina.