Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Mercado e Cia » Funrural: aumentar piso do ITR pode viabilizar remissão do passivo

PROCURANDO UMA SOLUÇÃO

Funrural: aumentar piso do ITR pode viabilizar remissão do passivo

Produtores esperavam que o governo apresentasse nesta semana uma solução para o problema, mas mudanças na equipe econômica atrapalharam

13 de setembro de 2019 às 15h04
Por Canal Rural

A agropecuária esperava que fosse anunciada nesta semana uma solução para o passivo do Funrural, mas o tema não caminhou em Brasília. A equipe do governo ainda não apresentou a proposta de remissão e também não estipulou uma data para fazê-lo. Em grupos de WhatsApp, produtores se mobilizam para pressionar o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Segundo apuração do repórter Rafael Walendorff, uma das alternativas estudadas para viabilizar a remissão do passivo é aumentar o valor mínimo do Imposto Territorial Rural (ITR), de forma a compensar a arrecadação.

A demissão do secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, atrapalhou o trabalho sobre o tema, já que, no mesmo dia em que foi demitido, ele se reuniria com Guedes para discutir formas de redimir a dívida. O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS), chegou a se reunir com o ministro da Economia, mas o assunto não avançou.

2 comentários

  1. Arlindo Jose Ribeiro em 13 de setembro de 2019 às 20:24

    Aumentar o ITR como forma compensar o passivo existente do FUNRURAL existente é algo típico da direita putrefa existente hoje no Brasil. É ser “capitalista” na bonança onde os dividendos são colhidos por poucos, e “socialista” na hora de pagar uma conta que sabidamente é dos grandes produtores, dividindo-as com todo mundo inclusive com os que não deve.

  2. José Geraldo Alves em 14 de setembro de 2019 às 07:39

    Bom dia, como seria viável o governo olhar mais intensivamente para o homem do campo, pessoas que tem suas terras ainda em mata nativa, sem renda e sem como produzir, precisaria então de um incentivo para estas pessoas. Mas ao contrário é burocrático e caro para preparo deste terreno.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Mercado e Cia » Funrural: aumentar piso do ITR pode viabilizar remissão do passivo

PROCURANDO UMA SOLUÇÃO

Funrural: aumentar piso do ITR pode viabilizar remissão do passivo

Produtores esperavam que o governo apresentasse nesta semana uma solução para o problema, mas mudanças na equipe econômica atrapalharam

13 de setembro de 2019 às 15h04
Por Canal Rural

A agropecuária esperava que fosse anunciada nesta semana uma solução para o passivo do Funrural, mas o tema não caminhou em Brasília. A equipe do governo ainda não apresentou a proposta de remissão e também não estipulou uma data para fazê-lo. Em grupos de WhatsApp, produtores se mobilizam para pressionar o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Segundo apuração do repórter Rafael Walendorff, uma das alternativas estudadas para viabilizar a remissão do passivo é aumentar o valor mínimo do Imposto Territorial Rural (ITR), de forma a compensar a arrecadação.

A demissão do secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, atrapalhou o trabalho sobre o tema, já que, no mesmo dia em que foi demitido, ele se reuniria com Guedes para discutir formas de redimir a dívida. O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS), chegou a se reunir com o ministro da Economia, mas o assunto não avançou.

2 comentários

  1. Arlindo Jose Ribeiro em 13 de setembro de 2019 às 20:24

    Aumentar o ITR como forma compensar o passivo existente do FUNRURAL existente é algo típico da direita putrefa existente hoje no Brasil. É ser “capitalista” na bonança onde os dividendos são colhidos por poucos, e “socialista” na hora de pagar uma conta que sabidamente é dos grandes produtores, dividindo-as com todo mundo inclusive com os que não deve.

  2. José Geraldo Alves em 14 de setembro de 2019 às 07:39

    Bom dia, como seria viável o governo olhar mais intensivamente para o homem do campo, pessoas que tem suas terras ainda em mata nativa, sem renda e sem como produzir, precisaria então de um incentivo para estas pessoas. Mas ao contrário é burocrático e caro para preparo deste terreno.

Deixe um Comentário





Mais Notícias

Sorry, we couldn't find any posts. Please try a different search.