CAPITU

Ex-ministros da Agricultura e empresários são presos em operação da PF

Antônio Andrade e Neri Geller foram detidos nesta sexta-feira, dia 9, acusados de corrupção no ministério

A Polícia Federal realizou nesta sexta-feira, dia 9, um novo desdobramento da operação Lava Jato, denominada Operação Capitu. Foram cumpridos 63 mandados judiciais de busca e apreensão e 19 mandados de prisão temporária, todos expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª região.

Para a operação, foram mobilizados 310 policiais federais em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Paraíba e no Distrito Federal. As investigações apuram supostos pagamentos a servidores públicos e agentes políticos que atuavam direta ou indiretamente no Ministério da Agricultura entre 2014 e 2015.

Entre os mandados de prisão temporária cumpridos estão o do vice-governador de Minas Gerais Antônio Andrade (MDB), que na época era ministro da Agricultura; o deputado estadual eleito Neri Geller (PP-MT) e também ex-ministro da pasta; o ex-secretário de Defesa Agropecuária Rodrigo Figueiredo; e o empresário Joesley Batista, ex-presidente da J&F, holding que controla a JBS. O comentarista Miguel Daoud analisa mais esses últimos desdobramentos.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *