Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Mercado e Cia » Em apenas uma semana, preço do café arábica sobe mais de 7%

RESULTADO POSITIVO 

Em apenas uma semana, preço do café arábica sobe mais de 7%

Gil Barabach, analista da consultoria Safras & Mercado, explica que o cenário foi puxado por diversas mudanças no mercado, entre elas, a queda do dólar e o preços de outras commodities, como o petróleo

08 de novembro de 2019 às 15h05
Por Canal Rural

O preço da saca de 60 quilos do café arábica subiu mais de 7% em uma semana, de acordo com levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Só nos primeiros dias de novembro, o valor negociado passou de R$ 438,38, para R$462,84, com uma variação de 7,02%.

Gil Barabach, analista da consultoria Safras & Mercado, explica o cenário de alta. “Houve uma mudança no mercado nas últimas semanas. Primeiro, as notícias que levavam os preços do grão sempre para baixo. De uma hora para outra o rumo mudou, primeiramente com a queda do dólar, depois por conta de outras commodities, como o petróleo’, explica ele.

Além disso, Barabach afirma que o otimismo com a última florada em outubro também contribuiu com o resultado. “Com isso o mercado construiu uma alta consistente em Nova York, e agora recentemente com os números da Organização Internacional do Café (OIC) acabou consolidando esse movimento de alta”, diz.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Mercado e Cia » Em apenas uma semana, preço do café arábica sobe mais de 7%

RESULTADO POSITIVO 

Em apenas uma semana, preço do café arábica sobe mais de 7%

Gil Barabach, analista da consultoria Safras & Mercado, explica que o cenário foi puxado por diversas mudanças no mercado, entre elas, a queda do dólar e o preços de outras commodities, como o petróleo

08 de novembro de 2019 às 15h05
Por Canal Rural

O preço da saca de 60 quilos do café arábica subiu mais de 7% em uma semana, de acordo com levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Só nos primeiros dias de novembro, o valor negociado passou de R$ 438,38, para R$462,84, com uma variação de 7,02%.

Gil Barabach, analista da consultoria Safras & Mercado, explica o cenário de alta. “Houve uma mudança no mercado nas últimas semanas. Primeiro, as notícias que levavam os preços do grão sempre para baixo. De uma hora para outra o rumo mudou, primeiramente com a queda do dólar, depois por conta de outras commodities, como o petróleo’, explica ele.

Além disso, Barabach afirma que o otimismo com a última florada em outubro também contribuiu com o resultado. “Com isso o mercado construiu uma alta consistente em Nova York, e agora recentemente com os números da Organização Internacional do Café (OIC) acabou consolidando esse movimento de alta”, diz.

Deixe um Comentário





Mais Notícias

Sorry, we couldn't find any posts. Please try a different search.