Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Mercado e Cia » Dólar volta a subir e atinge o maior valor em três meses 

NAS ALTURAS 

Dólar volta a subir e atinge o maior valor em três meses 

Em apenas 30 dias moeda norte-americana já acumula ganhos de 8,55%. Para Miguel Daoud, a alta soa como uma repercussão de uma provável crise internacional

20 de agosto de 2019 às 14h46
Por Canal Rural

Num dia de tensões no mercado financeiro, a moeda norte-americana voltou a subir e fechou no maior nível em três meses. O dólar comercial encerrou esta segunda-feira, 19, vendido a R$ 4,68, com alta de R$ 0,64. Na parcial de agosto acumula alta de 6,45% e nos últimos 30 dias somou ganhos de 8,55%.

Desde a última semana, temores de que uma nova recessão global se aproxima têm provocado instabilidade em mercados financeiros de todo o planeta. A Alemanha e a China divulgaram dados econômicos piores que o esperado, indicando desaceleração na maior economia da Europa e na segunda maior economia do mundo.

Também na semana passada, a curva de juros futuros dos títulos do Tesouro norte-americano inverteu-se. Os papéis de dez anos foram negociados com taxas inferiores às dos papéis de dois anos. Essa inversão tradicionalmente ocorre meses antes do início de recessões nos Estados Unidos.

A ameaça de recessão em economias avançadas pressiona o câmbio e a bolsa em mercados emergentes, como o Brasil. Em momentos de turbulência, os investidores estrangeiros tendem a retirar capital de países em desenvolvimento para cobrirem prejuízos nos mercados de países desenvolvidos, elevando para cima a cotação do dólar.

Segundo o comentarista do Canal Rural, Miguel Daoud, a alta do dólar soa como uma repercussão de uma provável crise internacional, que traz para a atividade agrícola um cenário mais negativo do que positivo. “ Os insumos e a logística ficam mais caros com essa mudança do dólar. Nem todos vendem seus produtos em dólares, mas todos pagam os custos no valor da moeda norte-americana”, diz.

Deixe um Comentário





Sorry, we couldn't find any posts. Please try a different search.

Início » Notícias da Agropecuária » Programas » Informação » Mercado e Cia » Dólar volta a subir e atinge o maior valor em três meses 

NAS ALTURAS 

Dólar volta a subir e atinge o maior valor em três meses 

Em apenas 30 dias moeda norte-americana já acumula ganhos de 8,55%. Para Miguel Daoud, a alta soa como uma repercussão de uma provável crise internacional

20 de agosto de 2019 às 14h46
Por Canal Rural

Num dia de tensões no mercado financeiro, a moeda norte-americana voltou a subir e fechou no maior nível em três meses. O dólar comercial encerrou esta segunda-feira, 19, vendido a R$ 4,68, com alta de R$ 0,64. Na parcial de agosto acumula alta de 6,45% e nos últimos 30 dias somou ganhos de 8,55%.

Desde a última semana, temores de que uma nova recessão global se aproxima têm provocado instabilidade em mercados financeiros de todo o planeta. A Alemanha e a China divulgaram dados econômicos piores que o esperado, indicando desaceleração na maior economia da Europa e na segunda maior economia do mundo.

Também na semana passada, a curva de juros futuros dos títulos do Tesouro norte-americano inverteu-se. Os papéis de dez anos foram negociados com taxas inferiores às dos papéis de dois anos. Essa inversão tradicionalmente ocorre meses antes do início de recessões nos Estados Unidos.

A ameaça de recessão em economias avançadas pressiona o câmbio e a bolsa em mercados emergentes, como o Brasil. Em momentos de turbulência, os investidores estrangeiros tendem a retirar capital de países em desenvolvimento para cobrirem prejuízos nos mercados de países desenvolvidos, elevando para cima a cotação do dólar.

Segundo o comentarista do Canal Rural, Miguel Daoud, a alta do dólar soa como uma repercussão de uma provável crise internacional, que traz para a atividade agrícola um cenário mais negativo do que positivo. “ Os insumos e a logística ficam mais caros com essa mudança do dólar. Nem todos vendem seus produtos em dólares, mas todos pagam os custos no valor da moeda norte-americana”, diz.

Deixe um Comentário





Mais Notícias

Sorry, we couldn't find any posts. Please try a different search.