GUERRA COMERCIAL

Daoud: É difícil que EUA e China cheguem a um acordo que agrade ambos

As duas potências econômicas têm até 1º de março para negociar. Depois disso, Washington já anunciou nova rodada de tarifas

Investidores internacionais aguardam novidades nas negociações comerciais entre Estados Unidos e China. Para o comentarista Miguel Daoud, é muito difícil que se chegue a um acordo que agrade ambas as partes.

Os dois países têm até 1º de março para tentar fechar o acordo. Do contrário, Washington vai elevar tarifas sobre mais de US$ 200 bilhões em produtos chineses.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


css.php
Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil