ANÁLISE

Avanço da colheita de café impede alta dos preços


Mesmo com os avanços das exportações em julho, grão perde valor de mercado e, segundo analistas, só deve recuperar o patamar de partir de setembro

O Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) divulgou nesta quinta-feira, dia 9, que os embarques em julho alcançaram 2,3 milhões de sacas de 60 quilos – considerando café verde, solúvel, torrado e moído –, alta de mais de 24% em relação a julho do ano passado. Já no acumulado de 2018, os embarques somaram 16,9 milhões de sacas, uma queda de 0,3% na comparação com os sete primeiros meses de 2017.

Apesar do aumento dos embarques em relação ao ano passado, o diretor da Comexim, Rodrigo Costa, afirma que as cotações devem continuar pressionadas até setembro, quando o ritmo de colheita começa a perder um pouco de força.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil