Home » Programas » Informação » Mercado e Cia » Atividade econômica sobe 0,54% em maio, primeira alta após 4 meses 

SUBINDO AOS POUCOS 

Atividade econômica sobe 0,54% em maio, primeira alta após 4 meses 

Na comparação com maio de 2018, o aumento chegou a 4,40%. Esse foi o primeiro resultado positivo no governo de Jair Bolsonaro.

15 de julho de 2019 às 18h03
Por Canal Rural

Após queda nos quatro primeiros meses do ano, a economia brasileira registrou aumento em maio. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado a prévia do Produto Interno Bruto (PIB) subiu 0,54%, em maio, em relação a abril deste ano, segundo dados divulgados nesta segunda-feira, dia 15 pelo Banco Central (BC).

Na comparação com maio de 2018, o aumento chegou a 4,40%, sem ajuste para o período, já que a comparação é entre meses iguais. Em maio do ano passado, entretanto, a atividade econômica foi fortemente prejudicada pela paralisação dos caminhoneiros.

Em 12 meses encerrados em maio, o indicador teve crescimento de 1,31%. No ano, o IBC-Br teve expansão de 0,94%. Esse foi o primeiro resultado positivo no governo de Jair Bolsonaro.

Deixe um Comentário





Home » Programas » Informação » Mercado e Cia » Atividade econômica sobe 0,54% em maio, primeira alta após 4 meses 

SUBINDO AOS POUCOS 

Atividade econômica sobe 0,54% em maio, primeira alta após 4 meses 

Na comparação com maio de 2018, o aumento chegou a 4,40%. Esse foi o primeiro resultado positivo no governo de Jair Bolsonaro.

15 de julho de 2019 às 18h03
Por Canal Rural

Após queda nos quatro primeiros meses do ano, a economia brasileira registrou aumento em maio. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado a prévia do Produto Interno Bruto (PIB) subiu 0,54%, em maio, em relação a abril deste ano, segundo dados divulgados nesta segunda-feira, dia 15 pelo Banco Central (BC).

Na comparação com maio de 2018, o aumento chegou a 4,40%, sem ajuste para o período, já que a comparação é entre meses iguais. Em maio do ano passado, entretanto, a atividade econômica foi fortemente prejudicada pela paralisação dos caminhoneiros.

Em 12 meses encerrados em maio, o indicador teve crescimento de 1,31%. No ano, o IBC-Br teve expansão de 0,94%. Esse foi o primeiro resultado positivo no governo de Jair Bolsonaro.

Deixe um Comentário





Mais Notícias