ANÁLISE

Feijão: clima ruim pode reduzir em 40% a safra do Paraná

De acordo com o Departamento de Economia Rural (Deral), órgão ligado ao governo do Paraná, depois da estiagem, o excesso de chuvas pode reduzir a produção de feijão no oeste do estado em 40%. A expectativa inicial de produção era de 27 milhões de toneladas e, no mês passado foi revisada para 15,4 milhões de […]

De acordo com o Departamento de Economia Rural (Deral), órgão ligado ao governo do Paraná, depois da estiagem, o excesso de chuvas pode reduzir a produção de feijão no oeste do estado em 40%. A expectativa inicial de produção era de 27 milhões de toneladas e, no mês passado foi revisada para 15,4 milhões de toneladas. Em Cascavel, por exemplo, o departamento acredita que a produtividade seja de 17 sacas por hectare, contra 30 sacas estimadas no início da safra. De acordo com a analista de mercado da Unifeijão Sandra Hetzel, apesar das chuvas, o principal fator para essa redução foi a seca.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *