ABCS

Coreia do Sul abre mercado para carne suína brasileira

De acordo com o vice-presidente técnico da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Rui Eduardo Vargas, a conclusão do formato de certificado sanitário internacional era a última etapa para a viabilização das vendas para o mercado sul-coreano. Com a entrada da Coreia do Sul na carteira de importadores e a possível reabertura das exportações para […]

De acordo com o vice-presidente técnico da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Rui Eduardo Vargas, a conclusão do formato de certificado sanitário internacional era a última etapa para a viabilização das vendas para o mercado sul-coreano. Com a entrada da Coreia do Sul na carteira de importadores e a possível reabertura das exportações para a Rússia, a entidade estima alta de 2% a 3% nas vendas externas brasileiras de suínos em 2018. O presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Marcelo Lopes, e o comentarista Benedito Rosa falam sobre os impactos da abertura desse mercado para a carne suína brasileira.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *