ABERTURA DO MERCADO

Clima favorece lavouras dos EUA e Chicago cai forte

Confira as principais notícias sobre mercado agropecuário, câmbio e previsão do tempo para começar o dia bem informado

Fonte: Pixabay/Arte-Canal Rural

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a quarta-feira com preços mais baixos. O clima favorável ao desenvolvimento das lavouras norte-americanas manteve o mercado sob pressão.

Com o plantio praticamente finalizado, as recentes chuvas mantêm as condições das lavouras em taxas elevadas de boas a excelentes. O potencial produtivo encaminha uma safra cheia.

Nem mesmo o relatório divulgado ontem pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) mudou este cenário negativo aos preços. O USDA indicou estoques abaixo do esperado e manteve a previsão de safra americana, enquanto a aposta era de elevação.

Brasil

O mercado brasileiro de soja teve uma quarta-feira de preços pouco alterados e de fraca movimentação. Apesar da forte baixa em Chicago, a soja não teve grandes mudanças nos valores diante ainda das dificuldades até para formação de preços em função da confusão com a tabela de fretes, o que deixa muitos agentes fora de atividade. Houve apenas alguma movimentação razoável de negócios no Paraná e Rio Grande do Sul.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *