ANÁLISE

Café: greve e clima ajudam a manter as cotações

  Depois da valorização contínua da última semana, o mercado futuro do café começou esta segunda-feira, dia 4, tentando manter a média acima dos 120 pontos. A paralisação dos caminhoneiros e o clima frio no Brasil contribuem para esses resultados. O diretor da Cafezal Consultoria, Anselmo Magno, traz uma perspectiva sobre o mercado para esta […]

 

Depois da valorização contínua da última semana, o mercado futuro do café começou esta segunda-feira, dia 4, tentando manter a média acima dos 120 pontos. A paralisação dos caminhoneiros e o clima frio no Brasil contribuem para esses resultados. O diretor da Cafezal Consultoria, Anselmo Magno, traz uma perspectiva sobre o mercado para esta semana.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *