Home » Política » Reforma da Previdência: deputados votam nesta quinta emendas e destaques

MUDANÇA NA APOSENTADORIA

Reforma da Previdência: deputados votam nesta quinta emendas e destaques

Na quarta, o líder da oposição, deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), pediu a inserção de um trecho que taxaria as exportações agrícolas, no entanto, o parlamentar retirou o destaque

11 de julho de 2019 às 11h09
Por Agência Brasil

O plenário da Câmara dos Deputados retoma os trabalhos nesta quinta-feira, 11, para votar os destaques (sugestão de alteração) ao texto-base da proposta de emenda à Constituição (PEC 6/19) que muda as regras do sistema previdenciário. Até o momento, há 31 destaques e emendas aglutinativas (que pretende fundir textos de outras emendas) que devem ser apreciados pelos deputados.

Na noite de quarta, dia 10, o plenário aprovou o texto original da reforma da Previdência por 379 votos a favor e 131 contra. Mais cedo, o líder da oposição, deputado federal Alessandro Molon (PSB-RJ), pediu a inserção de um trecho no texto que taxaria as exportações agrícolas diretas em até 2,5%. Porém, o parlamentar retirou o destaque.

Em entrevista, o presidência da câmara, Rodrigo Maia, disse que a conclusão da votação da reforma em segundo turno pode ocorrer na sexta-feira, 12, à noite ou no sábado, 13, de manhã.

Deixe um Comentário





Home » Política » Reforma da Previdência: deputados votam nesta quinta emendas e destaques

MUDANÇA NA APOSENTADORIA

Reforma da Previdência: deputados votam nesta quinta emendas e destaques

Na quarta, o líder da oposição, deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), pediu a inserção de um trecho que taxaria as exportações agrícolas, no entanto, o parlamentar retirou o destaque

11 de julho de 2019 às 11h09
Por Agência Brasil

O plenário da Câmara dos Deputados retoma os trabalhos nesta quinta-feira, 11, para votar os destaques (sugestão de alteração) ao texto-base da proposta de emenda à Constituição (PEC 6/19) que muda as regras do sistema previdenciário. Até o momento, há 31 destaques e emendas aglutinativas (que pretende fundir textos de outras emendas) que devem ser apreciados pelos deputados.

Na noite de quarta, dia 10, o plenário aprovou o texto original da reforma da Previdência por 379 votos a favor e 131 contra. Mais cedo, o líder da oposição, deputado federal Alessandro Molon (PSB-RJ), pediu a inserção de um trecho no texto que taxaria as exportações agrícolas diretas em até 2,5%. Porém, o parlamentar retirou o destaque.

Em entrevista, o presidência da câmara, Rodrigo Maia, disse que a conclusão da votação da reforma em segundo turno pode ocorrer na sexta-feira, 12, à noite ou no sábado, 13, de manhã.

Deixe um Comentário





Mais Notícias