Início » Notícias da Agropecuária » Política » Previdência: deputados retomam análise de destaques da reforma

MUDANÇA NA APOSENTADORIA

Previdência: deputados retomam análise de destaques da reforma

Os itens que prejudicavam o produtor rural, como a taxação das exportações do agronegócio, saíram do texto da Previdência

12 de julho de 2019 às 10h20
Por Canal Rural, com informações da Agência Câmara

O Plenário da Câmara dos Deputados volta a se reunir nesta manhã desta sexta-feira, dia 12, para continuar a análise dos destaques à proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19). Até a madrugada desta sexta, os deputados analisaram 11 destaques ao texto. Em razão de discordâncias sobre os termos de um acordo de procedimentos para a continuidade da votação, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, encerrou os trabalhos e convocou sessão extraordinária para as 9 horas.

Ainda faltam nove destaques e emendas para serem votados. Líderes de alguns partidos concordaram em formar um bloco para unificar as orientações de voto, com o líder de um partido falando em nome dos demais, para acelerar a sessão. Em alguns casos, o bloco abrirá mão de encaminhar a orientação única.

Na sessão que teve início nesta quinta-feira, 11, os deputados aprovaram duas emendas e um destaque supressivo, envolvendo regras de transição para policiais, regra de cálculo mais benéfica para as mulheres e tempo de contribuição menor para homens na aposentadoria por idade. Apesar de algumas tentativas da oposição, os itens que prejudicavam o agronegócio, como a taxação das exportações e o fim da possibilidade de perdão do passivo do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), saíram do texto da Previdência.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Política » Previdência: deputados retomam análise de destaques da reforma

MUDANÇA NA APOSENTADORIA

Previdência: deputados retomam análise de destaques da reforma

Os itens que prejudicavam o produtor rural, como a taxação das exportações do agronegócio, saíram do texto da Previdência

12 de julho de 2019 às 10h20
Por Canal Rural, com informações da Agência Câmara

O Plenário da Câmara dos Deputados volta a se reunir nesta manhã desta sexta-feira, dia 12, para continuar a análise dos destaques à proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19). Até a madrugada desta sexta, os deputados analisaram 11 destaques ao texto. Em razão de discordâncias sobre os termos de um acordo de procedimentos para a continuidade da votação, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, encerrou os trabalhos e convocou sessão extraordinária para as 9 horas.

Ainda faltam nove destaques e emendas para serem votados. Líderes de alguns partidos concordaram em formar um bloco para unificar as orientações de voto, com o líder de um partido falando em nome dos demais, para acelerar a sessão. Em alguns casos, o bloco abrirá mão de encaminhar a orientação única.

Na sessão que teve início nesta quinta-feira, 11, os deputados aprovaram duas emendas e um destaque supressivo, envolvendo regras de transição para policiais, regra de cálculo mais benéfica para as mulheres e tempo de contribuição menor para homens na aposentadoria por idade. Apesar de algumas tentativas da oposição, os itens que prejudicavam o agronegócio, como a taxação das exportações e o fim da possibilidade de perdão do passivo do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), saíram do texto da Previdência.

Deixe um Comentário





Mais Notícias