banner-3

NOVIDADE NO TEXTO

Reforma da Previdência deve ser apresentada sem estados e municípios

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o relatório da reforma da Previdência, do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), deve ser apresentado sem a abrangência das regras para o funcionalismo público dos estados e municípios. “Mas temos até julho para construir acordo para que eles sejam reincluídos”, disse. Segundo o líder do PP, Arthur…

12 de junho de 2019 às 15h39
Por Estadão Conteúdo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o relatório da reforma da Previdência, do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), deve ser apresentado sem a abrangência das regras para o funcionalismo público dos estados e municípios. “Mas temos até julho para construir acordo para que eles sejam reincluídos”, disse.

Segundo o líder do PP, Arthur Lira, os estados e municípios podem voltar a serem incluídos na reforma no plenário, por emenda, mas ele não acredita que haverá votos para isso. “Se os governadores quiserem garantirem os votos, eles apresentam a emenda”, disse o líder da Maioria, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

O acordo foi fechado em uma reunião nesta quarta-feira, dia 12, na residência oficial de Maia.

 

2 comentários

Deixe um Comentário





banner-3

NOVIDADE NO TEXTO

Reforma da Previdência deve ser apresentada sem estados e municípios

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o relatório da reforma da Previdência, do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), deve ser apresentado sem a abrangência das regras para o funcionalismo público dos estados e municípios. “Mas temos até julho para construir acordo para que eles sejam reincluídos”, disse. Segundo o líder do PP, Arthur…

12 de junho de 2019 às 15h39
Por Estadão Conteúdo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o relatório da reforma da Previdência, do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), deve ser apresentado sem a abrangência das regras para o funcionalismo público dos estados e municípios. “Mas temos até julho para construir acordo para que eles sejam reincluídos”, disse.

Segundo o líder do PP, Arthur Lira, os estados e municípios podem voltar a serem incluídos na reforma no plenário, por emenda, mas ele não acredita que haverá votos para isso. “Se os governadores quiserem garantirem os votos, eles apresentam a emenda”, disse o líder da Maioria, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

O acordo foi fechado em uma reunião nesta quarta-feira, dia 12, na residência oficial de Maia.

 

2 comentários

Deixe um Comentário