EFEITOS DA GREVE

Unica: usinas de SP retomam moagem, mas escoamento de produtos é lento

No entanto, entidade ressalta que escoamento dos produtos não acontece na mesma velocidade da moagem de cana

Fonte: Divulgação/Canal Rural

A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) informou que um levantamento parcial aponta que usinas de etanol e açúcar do Estado de São Paulo retomaram a moagem e a produção, após mais de uma semana de paralisação em decorrência da greve dos caminhoneiros. “Os dados mostram que grande parte das unidades começou a retomar o processo de moagem, embora o recebimento de diesel ainda esteja intermitente, bem como de outros insumos agrícolas e industriais”, informou a Unica, em nota.

Segundo a Unica, o maior entrave às indústrias está no escoamento dos produtos, que não acontece na mesma velocidade da moagem de cana. As usinas aproveitam o frete de combustíveis para dar maior agilidade na entrega de etanol e o caminhão de diesel que chega às unidades sai carregado com álcool às distribuidoras. “Por isso, a maioria das unidades não está comercializando o biocombustível. No entanto, a expectativa é de que esse processo seja retomado nos próximos dois dias”, disse.

A associação informou também que o volume de etanol e açúcar estocado nas usinas é suficiente para aproximadamente 40 dias de abastecimento. “Isso significa que o setor está preparado para entregar seus produtos, tão logo normalize essa situação”, concluiu.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *