COM DATA MARCADA

Tereza Cristina marca para o dia 10 encontro com embaixadores árabes

Encontro, organizado Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, na própria sede da entidade ruralista, foi um pedido dos representantes árabes

ministra da Agricultura, Tereza Cristina
Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, vai se reunir na próxima quarta-feira, dia 10, com 51 embaixadores de países árabes para confirmar a intenção do governo brasileiro de intensificar parcerias comerciais. A reunião ocorre após o anúncio da abertura de um escritório de negócios do Brasil em Jerusalém.

O encontro, organizado Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), na própria sede da entidade ruralista em Brasília, foi um pedido dos representantes árabes.
“Vai ser uma conversa franca. Esse jantar já estava marcado antes do presidente Jair Bolsonaro anunciar a viagem para Israel”, afirmou Tereza Cristina. “A agropecuária brasileira que quer produzir cada vez mais precisa desse entendimento com todos os países.”

Tereza Cristina sinalizou que a intenção do governo brasileiro é as parcerias com os países árabes. “No que depender da agricultura estamos juntos para aumentar a parceria”, afirmou. O presidente Jair Bolsonaro reiterou hoje, antes de embarcar de Israel para o Brasil, que pretende visitar o Oriente Médio no segundo semestre.

Nova call to action
A ministra vai escalar assessores especializados que a acompanharão nas conversas. A intenção, segundo ela, é tratar bilateralmente com os representantes diplomáticos e comerciais destas economias.
“Já tenho recebido alguns embaixadores individualmente. O Brasil tem pautas extensivas com esses países e vice-versa. Depois do encontro podemos marcar um a um”, ressaltou.

Tereza Cristina quer aumentar parcerias com países árabes

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


2 comentário em “Tereza Cristina marca para o dia 10 encontro com embaixadores árabes

  1. Temos que ter cuidado com o Bostanágua, pois ele pode dizer algo, que o mundo árabe não goste de ouvir e assim perdemos o mercado de carnes e tudo mais.

css.php
Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil