ABERTURA DE MERCADO

Preço do milho em Campinas (SP) atinge R$ 42 por saca

Confira as principais notícias sobre dólar, mercado agrícola e previsão do tempo para começar o dia bem informado

Fonte: Pedro Morais/Campos Novos (SC)

A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o milho fechou com preços em baixa na sexta-feira. O mercado realizou lucros frente aos ganhos acumulados na semana,quando chegou a alcançar a máxima desde agosto em meio à boa demanda para o cereal norte-americano e as preocupações com a estiagem na América do Sul, especialmente na Argentina.

O movimento também acompanhou a acentuada queda nas cotações do trigo. Na semana, a posição maio subiu 2,87%.

Brasil
O mercado brasileiro de milho teve uma sexta-feira de preços mais altos. Os produtores locais seguem retendo os estoques de passagem e também os lotes da safra de verão, que ainda estão fora de padrão. Quando existe necessidade de fazer caixa, a opção é a soja, cuja janela de preços está ainda mais favorável (dólar e Chicago).

Enquanto isso, intermediários e silos giram pouco e não realizam negócios descasados. De maneira geral, compradores estão retraídos. Os que possuem bom nível de estoques saem do mercado, mas os que possuem necessidade curta acabam cedendo as pedidas altistas. 

O destaque ficou para o preço do grão em Campinas (SP) que atingiu R$ 42, segundo a consultoria Safras & Mercado.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *